07/02/2021 às 22h23min - Atualizada em 07/02/2021 às 22h23min

Policial morto por colega é enterrado em Palmeira

Lecio Tadeu dos Santos atuava na PM há 13 anos e estava trabalhando em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, quando se desentendeu com o colega

Da redação
Foto: Divulgação / Polícia Militar
Na manhã deste sábado (6), foi enterrado na Colônia Witmarsum, em Palmeira, Lecio Tadeu dos Santos, policial militar de 42 anos que morreu após levar um tiro no rosto, desferido por um colega. O enterro contou com a presença de policiais militares, amigos e familiares do soldado.

Santos atuava na Polícia há 13 anos, e, na última sexta-feira (5), estava trabalhando em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, quando se desentendeu com o soldado Elias Postanovski, de 31 anos.

De acordo com um terceiro policial, que presenciou o crime, o motivo da tragédia teria sido uma discussão relacionada à forma como Lecio estava dirigindo a viatura. Diante da reclamação de Elias, que estava no banco de trás, Lecio teria parado o carro e partido para cima do colega. Os dois discutiram, e, ao levar um tapa no rosto, Elias revidou com um tiro rosto do colega.

Lecio, que atuava na Polícia Militar há 13 anos, morreu na hora, enquanto o autor do disparo foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD).

Notícias Relacionadas »