15/04/2021 às 13h29min - Atualizada em 15/04/2021 às 13h29min

​Professora de PG e a mãe morrem em decorrência da COVID-19

“Deus me ensinou a ser forte, mas não me ensinou a viver sem você”, lamenta filha

Da redação
Foto: Reprodução / Facebook
A professora Rosicler Guzzoni morreu nesta quinta-feira (15), aos 62 anos, em decorrência da COVID-19, apenas 19 dias depois da mãe, Marly Kohut Guzzoni, morrer da mesma doença, aos 84 anos. Natural de Ponta Grossa, a professora estava internada no Hospital da Cruz Vermelha, no município de Castro. Rosicler deixa os filhos Adriano, Fernanda e Guilherme. 

Embora atuasse na rede estadual nos últimos tempos, Rosicler passou a maior parte da vida lecionando na rede municipal de ensino. No dia da morte da mãe, em 24 de março último, a professora chegou a fazer uma publicação nas redes sociais lamentando o ocorrido. “Hoje, o dia amanheceu mais triste na minha família. A minha mãe, Marly Kohut, nos deixou. Estou triste, mas também muito agradecida a Deus por ter me dado ela como mãe. Ela viveu para a família e os amigos, sempre preocupada em ajudar a todos. Ela lutou para vencer esse vírus, mas não conseguiu. Ela vai deixar saudades. Vamos lembrar dela sorrindo”, disse a filha. 

Dezenove dias depois, Rosicler morreria em decorrência do mesmo vírus. Em publicação nas redes sociais, a filha da professora, Fernanda, chorou a morte da mãe. “Minha eterna rainha. Deus me ensinou a ser forte nesse momento que você precisou e eu também. Mas não me ensinou a viver sem você. Está doendo a sua partida, mas eu sei que agora você não está sofrendo. Agora vou olhar para o céu e ver a mais linda e brilhante estrela me cuidando e guardando. Obrigada por ser a melhor mãe que os seus filhos puderam ter. Te amo, minha rainha”, escreveu a jovem. 

Notícias Relacionadas »