23/02/2021 às 13h24min - Atualizada em 23/02/2021 às 13h24min

Doria diz que até dezembro Butantan deve produzir CoronaVac sem depender de insumo da China

Segundo o governador de SP, obra da fábrica que permitirá a produção nacional do imunizante será finalizada em outubro

Da redação
Foto: Reprodução / Globo
O Instituto Butantan deverá produzir a CoronaVac sem depender da matéria-prima importada da China ainda em dezembro deste ano, segundo informou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em coletiva de imprensa realizada na sede do Instituto nesta terça-feira (23) e informada pelo 'G1 São Paulo'. 

De acordo com o governador, a obra da fábrica que permitirá a produção nacional do imunizante, desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto, será finalizada em outubro.

Após aprovação do espaço e transferência da tecnologia, o Butantan tem condições de assumir a produção industrial do imunizante. Doria estima que o processo seja concluído até o final do ano.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui

 

Notícias Relacionadas »