24/02/2021 às 20h45min - Atualizada em 24/02/2021 às 20h45min

Prefeita de PG anuncia novas medidas de enfrentamento ao coronavírus; veja o que deve mudar

“Estamos vivendo a pior fase da pandemia em nossa cidade”, alerta Elizabeth. Segundo a prefeita, uma nova cepa do vírus já está circulando no município

Por Rafael Guedes
Foto: Reprodução / Instagram
A prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt, fez um pronunciamento na noite desta quarta-feira (24), por meio do perfil da Prefeitura no Instagram, para anunciar novas medidas de combate ao novo coronavírus. 

De acordo com a gestora, as medidas foram tomadas em razão do aumento do número de casos positivos da COVID-19 e da superlotação registrada tanto no sistema público de saúde quanto na rede privada. “Estamos acompanhando esse processo e estamos agindo para diminuir a velocidade do contágio, o aumento dos casos graves e a ocupação de leitos hospitalares”, justifica a prefeita no vídeo postado na rede social. 

Elizabeth afirma ainda que já existe comprovação de que uma nova cepa do vírus estaria circulando em Ponta Grossa. “Isso aumenta a nossa preocupação. Por esse motivo, decidimos adotar medidas mais específicas e severas até o dia 9 de março”, explica. 

Veja o que deve mudar, de acordo com a professora: 

1. A partir de sexta-feira (26) e até o dia 9 de março, o toque de recolher vai vigorar das 22h às 6h, com permissão para delivery até as 23h. Obedecendo ao toque de recolher, após as 23h estão proibidas atividades de bares, restaurantes, lojas de conveniência, carrinhos de cachorro-quente, tabacarias, barracas de lanches, food-trucks e afins. Fica proibida a colocação de mesas, cadeiras, banquetas e similares, bem como o atendimento ao cliente na calçada;

2. Não será permitida a realização de eventos, festas, confraternizações, churrascos e afins, com a exceção de encontros do mesmo núcleo familiar com, no máximo, dez pessoas;

3. Restaurantes, bares, lanchonetes e praças de alimentação, inclusive de shoppings, terão limite de público de 50% da lotação máxima admitida;

4. Ficam proibidas as atividades esportivas coletivas, como futebol, vôlei e basquete, até o dia 9 de março;

5. Também está proibido o uso de piscinas em clubes, condomínios e associações com o único objetivo de lazer.

Ao fim do pronunciamento, Elizabeth ainda destaca que, a partir desta quinta-feira (25), já serão realizadas ações de fiscalização e orientação, com a participação da Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria da Fazenda.

Na quinta-feira também será publicado o decreto municipal no Diário Oficial do município, contemplando todas as novas medidas.

Notícias Relacionadas »