22/05/2021 às 10h06min - Atualizada em 22/05/2021 às 10h06min

FOTOS: Artista de PG produz retratos impressionantes usando apenas caneta Bic

Pintor de paredes por profissão, Ricardo Widelski se destaca por uma técnica que beira a perfeição

Por Rafael Guedes
Foto: Eduardo Godoy
O artista plástico ponta-grossense Ricardo Widelski, de 43 anos, impressiona os apreciadores de arte com retratos realizados com uma técnica que beira a perfeição. No entanto, um detalhe salta aos olhos e deixa tudo ainda mais fascinante: o artista usa apenas caneta Bic para desenhar. Sim, essas canetas Bic que existem em todos os lugares, de escolas e escritórios a bares e lanchonetes.

Widelski conta que, quando começou a desenhar, os seus trabalhos eram todos feitos a lápis. Mas, descontente com os resultados que alcançava, o artista rasgava as obras antes mesmo de terminá-las. “Já estava abandonando o desenho, até que um dia resolvi pegar uma caneta e fazer uns rabiscos. Foi algo fora do normal, porque, até então, eu precisava de vários lápis para obter um resultado que eu jamais conseguia, coisa que com apenas uma caneta eu realizava”, conta. 

Como os resultados têm superado as expectativas, Widelski relata que não pretende experimentar novas técnicas, mas, sim, evoluir cada vez mais dentro da técnica que já adotou. “Por exemplo, penso em trabalhar com canetas coloridas”, afirma ele, que leva em torno de 30 a 50 horas para finalizar uma obra. “Como eu sou pintor de paredes e não trabalho diretamente com arte, esse é o tempo que eu costumo levar.” 

O artista conta que gasta, em média, três canetas por obra. “São bastante riscos, né? Até porque é possível fazer um traço de três quilômetros com uma caneta”, comenta o desenhista, que estudou na Academia Universal de Artes de Ponta Grossa, onde se juntou ao grupo de desenhistas ‘DES’.

Com preços que variam de acordo com o tamanho, Widelski comercializa obras autorais e também trabalha com encomendas, que podem ser feitas pelo telefone (42) 9-9117-6830. A seguir, confira um pouco de seu trabalho.














Notícias Relacionadas »