24/05/2021 às 07h36min - Atualizada em 24/05/2021 às 07h36min

​PMs são ofendidos e ameaçados em ocorrência de perturbação do sossego em PG

Polícia atendeu a três ocorrências do tipo somente neste domingo (23). No total, nove pessoas foram encaminhadas à Delegacia

Da redação, com informações da PM
Foto: Divulgação
A Polícia Militar (PM) atendeu a três ocorrências de perturbação do sossego – duas delas associadas a outros crimes – somente neste domingo (23), em Ponta Grossa. No total, nove pessoas foram encaminhadas à 13ª Subdivisão Policial (SDP). 

A primeira situação ocorreu na rua Joel Assis, região do bairro Jardim Carvalho, por volta das 8h45. A PM recebeu denúncias sobre um vizinho que estava com o som acima do permitido por Lei. Durante a abordagem, os policiais ainda encontraram munição calibre .38, que foi apreendida junto ao aparelho de som. O suspeito foi detido por posse irregular de munição e perturbação do sossego, sendo encaminhado à 13ª SDP em seguida.

Ofensas e ameaças 

A segunda situação ocorreu na tarde do mesmo dia, por volta das 18h, na rua General Argolo, região do bairro de Oficinas. Os agentes receberam denúncias sobre um som excessivamente que vinha de uma casa vizinha. Quando chegaram ao local, os policiais tentaram abordar os indivíduos que estavam ali presentes, mas houve resistência e desobediência às ordens da equipe, que ainda foi ofendida com palavras de baixo calão. Nesse momento, os suspeitos chegaram a investir contra os policiais e precisaram ser contidos.

Diante dos fatos, o aparelho de som foi apreendido e seis pessoas – quatro homens, de 23, 24, 29 e 34 anos, e duas mulheres, de 23 e 30 anos – foram encaminhadas à 13ª SDP sob suspeita de perturbação do sossego, desacato e lesão corporal.

A terceira situação ocorreu já no período da noite, por volta das 22h, na rua Santo Inácio, região do bairro de Olarias. De acordo com o solicitante, um jovem de 27 anos, o seu vizinho estava com o som em um volume acima do permitido por Lei e ainda fez diversas ameaças contra ele. Chegando ao local, a PM deteve o homem, de 25 anos, e a esposa, de 23 anos, e encaminhou a ambos para lavratura de termo circunstanciado sob suspeita de ameaça e perturbação do sossego. 

Notícias Relacionadas »