25/05/2021 às 13h29min - Atualizada em 25/05/2021 às 13h29min

Leandro Bianco é eleito presidente da CPI que vai investigar a VCG

Comissão vai investigar a Viação Campos Gerais em relação ao cumprimento do contrato do transporte coletivo

Da redação
Foto: Divulgação
O vereador Leandro Bianco (Republicanos) foi eleito presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a Viação Campos Gerais (VCG). Conhecida como ‘CPI da VCG’, a Comissão terá como relator o vereador Geraldo Stocco (PSB). As informações são de Bianco.

Os demais parlamentares que integrarão a CPI, além de Bianco e Stocco, são Adriana Jamier da Silva (SD), Divonsir Pereira Antunes (PSD) e Leonilton Antonio Carneiro (PV). 

De acordo com Bianco, uma reunião será realizada com os membros da Comissão nesta quarta-feira (26) para definir os próximos passos. 

VCG 

Em nota, a VCG afirma que está "absolutamente tranquila" e que vê a CPI "com bons olhos, desde que ela seja do transporte coletivo, e não da VCG". A nota menciona ainda que, na visão da empresa, "é essencial que a discussão vá por viés técnico e não político".
A concessionária lembra que essa não será a primeira CPI do atual contrato.  ​

CPI

Oficializado por Stocco na última quarta-feira (19), o pedido para a criação de CPI foi aprovado pela Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) nesta terça-feira (24). De acordo com o parlamentar, a CPI terá como objetivo investigar a VCG no que diz respeito ao cumprimento do contrato do transporte coletivo. 

Segundo o requerimento protocolado na CMPG, a CPI vai analisar as planilhas de custos e gastos do transporte público coletivo de Ponta Grossa; as operações que resultaram na falta de pagamento dos salários dos trabalhadores da VCG; identificar quem são os diretores da empresa, quais são suas atribuições e qual é a remuneração dos mesmos; identificar se o salário dos diretores da empresa também está sendo pago de forma parcelada e em atraso; identificar o lucro que a empresa obteve nos últimos 12 anos, mês a mês; e analisar as atas de reunião dos últimos 12 anos do Conselho Municipal do Transporte.

Notícias Relacionadas »