26/05/2021 às 11h07min - Atualizada em 26/05/2021 às 11h07min

Antes do Estadual, NBPG/Instituto CCR avalia bons números no ‘Brasileirão’

Time ponta-grossense conquistou a melhor posição entre os paranaenses no Campeonato Brasileiro 2021

Da assessoria
Foto: Divulgação
Nesta semana, a equipe masculina adulta do projeto Novo Basquete Ponta Grossa/Instituto CCR/Gazin/UniSecal (NBPG) retoma as atividades no Ginásio Borell du Vernay com foco no Campeonato Paranaense, que tem início previsto para o 2º semestre, onde o time apoiado pela CCR RodoNorte busca o pentacampeonato. Antes disso, elenco e comissão técnica fizeram uma avaliação positiva da participação no Campeonato Brasileiro 2021, onde os ponta-grossenses terminaram com a 5ª colocação – a melhor entre os paranaenses que disputaram o torneio.

“Só que tenho que agradecer a todo o grupo de jogadores, todos estão de parabéns. Tivemos problemas de lesões durante a competição, precisamos fazer adaptações no grupo e na função de alguns atletas, e mesmo assim eles deixaram tudo em quadra e lutaram até o último segundo. Foi um elenco que mostrou um grande potencial, capacidade de recuperação e união para superar as dificuldades”, ressalta o técnico Milos Alexander, um dos campeões brasileiros de 2019 que seguem na equipe apoiada pela CCR RodoNorte.

Quem destacou a força do grupo e também agradeceu o apoio do torcedor ponta-grossense foi o armador Wilsinho, capitão do NBPG/Instituto CCR. “A série contra o Botafogo foi extremamente equilibrada, decidida nos detalhes, mas infelizmente não conseguimos a segunda vitória. Só quero agradecer ao apoio de todos em Ponta Grossa e reforçar que estamos muito motivados para seguir levando este projeto cada vez mais longe”, ressalta.

Realizado pela Liga Desportiva de Ponta Grossa (LDPG), o projeto NBPG conta com o patrocínio do Instituto CCR, através da CCR RodoNorte, além de Gazin Colchões, UniSecal, Ortoponta, Espaço Fisio e Clínica CICASTRO. A Liga ainda conta com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes (SMESP), Polar Sorvetes, NBPG Sports, encontresuaviagem.com.br, Academia Iron Gym, Unisul Projetos e Construções, Laboratório Oscar Pereira, Contorno Materiais de Construção, V8 Suplementos, Hotel Casimiro, Viezzer Madeiras e Finer Soluções em Web.

Números

Junto ao bom desempenho em quadra, o NBPG/Instituto CCR apresentou números expressivos tanto na parte coletiva quanto individual: a equipe terminou a competição com nove vitórias e apenas quatro derrotas, além de ser o time com maior média de rebotes apanhados (39,5 rebotes por jogo) e a quarta melhor média de pontos (75,7 pontos marcados por jogo) do torneio. Na ‘nova era’ do Campeonato Brasileiro, considerando as temporadas 2019 e 2021, o time de Ponta Grossa é o que tem maior número de vitórias (18) e pontos marcados (2.240).

Também levando em conta os números absolutos da competição nacional, Wilsinho ostenta o título de maior cestinha do ‘novo’ Brasileirão: são 491 pontos marcados, 201 deles na edição 2021. Neste ano, quatro jogadores do NBPG/Instituto CCR estiveram no top 10 dos principais fundamentos do torneio: além do camisa 4, Nathal (média de 4,6 assistências e 1,8 roubo de bola por jogo), Dida (média 2,7 rebotes ofensivos por jogo) e Carlos Junior (média de 1 toco por jogo) figuram entre os destaques individuais do torneio.

Notícias Relacionadas »