30/05/2021 às 07h51min - Atualizada em 30/05/2021 às 07h51min

​Cerimônia religiosa é denunciada em PG por suposta perturbação do sossego

Polícia Militar também atendeu a outra situação do mesmo tipo algumas horas mais tarde, no bairro de Uvaranas

Da redação, com informações da PM
Foto: Divulgação
Um homem de 25 anos foi encaminhado ao Cartório da Polícia Militar (PM) sob suspeita de perturbação do sossego na rua Cerejeira, região do bairro Contorno, em Ponta Grossa, por volta das 19h30 deste sábado (29). 

De acordo com a vítima, uma mulher de 58 anos, o homem teria promovido uma cerimônia religiosa com som excessivo e “algazarra”, perturbando o sossego dos vizinhos. 

Chegando ao local, a equipe da PM não constatou a suposta perturbação. No entanto, diante da representação aberta pela mulher, a vítima e o vizinho foram encaminhados ao Cartório da PM para lavratura de termo circunstanciado. 

Essa não foi a primeira situação de perturbação do sossego registrada em Ponta Grossa durante a última noite. Um segundo caso ocorreu na rua Serra da Canastra, região do bairro de Uvaranas, já na madrugada deste domingo (30), por volta de 0h20. 

De acordo com a vítima, um homem de 47 anos, o seu vizinho ficou com o som alto, além de fazer gritaria, durante todo o dia, o que perdurou até o início da madrugada. 

Diante dos fatos, a vítima e o suspeito, de 25 anos, foram encaminhados ao Cartório da PM para lavratura de termo circunstanciado. 

Notícias Relacionadas »