02/06/2021 às 10h39min - Atualizada em 02/06/2021 às 10h39min

VÍDEO: Parceiro de Jocelito, Pikeno confronta criminoso que tenta aplicar golpe da vacina

No diálogo, o estelionatário tenta clonar o WhatsApp do apresentador; saiba como funciona o golpe

Da redação
Foto: Reprodução
Parceiro inseparável do radialista e ex-prefeito de Ponta Grossa Jocelito Canto, o apresentador Emerson Fernando, mais conhecido como “Pikeno”, publicou nas redes sociais um vídeo em que aparece confrontando um estelionatário que tenta aplicar o "golpe da vacina" contra o comunicador.

Nas imagens, divulgadas na manhã desta quarta-feira (2) pelo próprio Jocelito, Pikeno trava um diálogo com um suspeito do Distrito Federal, que se passa por representante do Ministério da Saúde e lhe pede que envie um código do aplicativo de mensagens WhatsApp (saiba mais após o vídeo).

Após as inúmeras recusas do apresentador em passar o código, o estelionatário finalmente revela as suas verdadeiras intenções e provoca: “Eu clonei o seu WhatsApp”. Confira a seguir o vídeo divulgado por Canto:


 

Golpe 

A campanha de vacinação contra a COVID-19 tem sido usada para a aplicação de golpes no WhatsApp. Para clonar contas dos usuários, os criminosos se passam por representantes do Ministério da Saúde que estão cadastrando cidadãos. O objetivo, porém, é roubar dados pessoais e códigos de verificação do aplicativo.

Ao entrar em contato por telefone, os autores do golpe pedem dados pessoais que seriam usados no agendamento da vacinação. Além disso, solicitam um código enviado por SMS, que serviria para finalizar o cadastro. Na verdade, a informação é a que permite roubar o acesso à conta do WhatsApp e ativá-la em outro celular.

O Ministério da Saúde já alertou em suas redes sociais que não liga nem pede confirmação com códigos enviados por SMS. “A ação visa clonar o seu número do aplicativo de mensagens e ter acesso aos dados do seu celular”, explica a pasta.

Notícias Relacionadas »