04/06/2021 às 16h57min - Atualizada em 04/06/2021 às 16h57min

1 de cada, com Antônio César Bochenek

Confira as dicas do juiz federal Antônio César Bochenek

Por Antônio César Bochenek
Foto: Divulgação
Um livro, um filme, uma música, uma série, um lugar, um prato, uma frase, um ícone: oito opções para conhecer e expandir os horizontes, por Antônio César Bochenek, juiz federal. 

1 Livro 

A Máquina de Madeira (Miguel Sanches Neto) 


"O livro de Miguel Sanches Neto transporta o leitor para uma viagem histórica, com um enredo riquíssimo e apaixonante, além de um final surpreendente. A cada página lida, é possível saborear doses precisas da literatura de um grande escritor"

1 Filme

Um Sonho de Liberdade (1994)




"Uma história incrível de sofrimento, com dignidade e esperança, muita força e garra. Um filme marcante e com relevantes reflexões a respeito da vida e dos valores em sociedade"

1 Música

"Que País é Esse?" (Legião Urbana)




"A letra da música é fantástica, e sintetiza em poucas palavras um país chamado Brasil, com todo o seu potencial e também as suas mazelas. E é sempre atual"

1 Série

Billions (2016, Netflix)




"A série envolve três grandes sistemas: jurídico, político e financeiro. Gosto muito dos dois primeiros, pois estou inserido neles. A riqueza de detalhes é impressionante, e a maneira como a série é dirigida também"

1 Lugar

Buraco do Padre 


"A beleza singular da natureza expressada numa das melhores formas. Um ambiente mágico e fundamental para recarregar as energias em busca do equilíbrio. A cachoeira magnífica é o centro de toda uma região fantástica"

1 Prato

Bacalhau


"A experiência de ter morado em Portugal e a descoberta de muitas receitas de uma rica e impressionante cozinha portuguesa enaltecem o prato principal, nos mais variados tipos de preparo. Em nostalgia, remete às caravelas que de lá vinham para o Brasil"

1 Frase

"Eu sou eu e minha circunstância, e se não salvo a ela, não me salvo a mim"

"Frase de autoria do filósofo espanhol José Ortega y Gasset, publicada originalmente no intróito de sua obra inicial, 'Meditaciones del Quijote', de 1914"

1 Ícone

Giorgia Bin


"Minha companheira inspiradora, na força, na garra e na vontade; sobretudo, no jeito, no amor, na motivação, para navegar na longa jornada da travessia do mar da vida e vencer as tempestades e desfrutar do brilho do horizonte, no amanhecer e entardecer de cada dia"

Notícias Relacionadas »