06/06/2021 às 10h14min - Atualizada em 06/06/2021 às 10h14min

Após vender "água consagrada" para COVID-19, pastor R. R. Soares é intubado no Rio

Segundo jornal, o conselheiro do presidente Jair Bolsonaro está com dificuldade para respirar

Por 'JC'
Foto: Reprodução
Infectado pelo novo Coronavírus, o pastor evangélico R.R Soares, de 73 anos, está internado no Hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio de Janeiro, desde a sexta-feira (4), e precisou ser intubado neste sábado (5), informa o portal 'JC'. 

O pastor ganhou notoriedade no início da pandemia da COVID-19, quando prometeu curas milagrosas para a doença. Ele pedia doações para a igreja e divulgava métodos para supostamente livrar os fiéis da infecção pelo novo coronavírus, incluindo uma oração-comando e a venda de uma "água consagrada".

Segundo o pastor, líder da Igreja Internacional da Graça, fiéis conseguiriam se curar da COVID-19 após beber o líquido. Ele chegou a dizer que já havia recebido 21 testemunhos de recuperação da doença por causa da religião.

De acordo com o portal 'UOL', o missionário criou, no início da pandemia, um placar para mostrar os curados por sua oração. Em vídeos falando sobre o produto, são reproduzidos relatos de supostos curados para mostrar pessoas de diferentes locais do Brasil que adquiriram a água.

Conselheiro de Bolsonaro 

R.R. Soares é dono da 'RIT TV', uma emissora UHF, e da 'Nossa TV', além de apresentar o programa 'Show da Fé', exibido na Band e na Rede TV!. Ele é muito próximo do presidente Jair Bolsonaro e, por isso, é citado como um dos conselheiros do presidente. Fábio Wajngarten, ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo Federal, já relatou que o religioso é uma pessoa geralmente consultada pelo governo.

Em novembro de 2019, o presidente Jair Bolsonaro avaliou o nome do ex-deputado federal Marcos Soares (DEM-RJ), filho de R. R. Soares, para assumir a Secretaria Especial de Cultura do Ministério da Cidadania. "É um dos nomes que estão sob escrutínio do presidente da República", disse o porta-voz da Presidência na época, Otávio Rêgo Barros.

Piora da COVID 

Segundo apurado pelo jornal 'A Tribuna', R.R. Soares está com dificuldade para respirar, motivo que levou à intubação. Pela idade, o pastor é considerado grupo de risco para agravamento pela COVID-19.

Procurada, a assessoria de imprensa do hospital informou que "o CopaStar tem por política não divulgar nenhuma informação sem autorização do paciente ou familiares."

Notícias Relacionadas »