07/06/2021 às 15h01min - Atualizada em 07/06/2021 às 15h01min

​Empresa de PG faz sucesso com moda personalizada para pets e tutores

Com mais de 7 mil seguidores no Instagram e produção semanal de 60 peças, a Zoe.ira já ganhou o Brasil e agora está ganhando o mundo

Da redação
Foto: Divulgação
Que atire a primeira pedra a mãe – ou pai – de pet que nunca ficou horas procurando na Internet roupas e acessórios que sejam a cara do seu bichinho. E foi para satisfazer a necessidade de algo pensado exclusivamente para os nossos animais que nasceu a Zoe.ira, empresa ponta-grossense que fabrica roupas e acessórios personalizados para pets.

“Em 2019, eu a uma tia adotamos as nossas cachorrinhas. A gente queria comprar coisas para elas, mas era difícil encontrar algo diferenciado aqui em Ponta Grossa. Como a minha tia havia feito um curso de corte e costura, ela começou a confeccionar bandanas e toalhas”, conta Cindy Seixas, umas das idealizadoras da Zoe.ira. 

De início, era para ser algo voltado apenas aos pets da família, mas as criações ganharam visibilidade nas redes sociais e logo começaram a surgir as primeiras encomendas. “Eu havia criado um perfil no Instagram para a Zoe, a minha cachorrinha. Até por isso o nome Zoe.ira, porque ela é bagunceira. Começamos a postar fotos com ela usando as bandanas, e as pessoas gostaram e começaram a encomendar”, lembra a empresária.


Uma vendedora animal

Com o aumento no número de pedidos e o crescimento da loja, Zoe deixou de ser apenas uma garota propaganda e virou a cara da loja. Com mais de 7 mil seguidores no Instagram, hoje é ela quem “faz” os atendimentos e até algumas entregas. “Eu posto no Instagram e respondo as pessoas como se fosse a Zoe falando e, sempre que possível, também levo ela para fazer as entregas”, conta a tutora. Cindy explica que essa é uma forma de deixar o atendimento mais intimista e que os clientes adoram.

Pais e filhos

A grande novidade da Zoe.ira para este ano foram os looks “pais e filhos”. Como mostra a foto que abre esta matéria, a empresa pode fabricar determinadas peças iguais para o pai (ou a mãe) e para o pet. “Hoje em dia, os pets são como filhos, e quisemos trazer essa tendência também para os pais e mães de pet”, explica Cindy. Atualmente, é possível comprar jaqueta colegial, moletom e camisetas combinando com o ‘look’ do animalzinho.

Marilda Seixa, costureira responsável pelas criações da Zoe.ira, ainda lembra que a marca está em atualização constante, sempre buscando trazer novidades para os pets e tutores. “Estou sempre pesquisando a questão dos melhores tecidos, caimentos, além de estar atenta ao que está em alta no mundo da moda”, observa. “Estamos com a coleção de inverno, mas já pensando no que podemos trazer de diferente para o verão.”


Personalização

Apesar do crescimento exponencial da produção, a personalização e o carinho na confecção de cada peça continuam sendo a essência da marca. “Eu sempre gosto de saber qual é o animal que vai usar aquela roupa ou acessório, porque, quando eu vou costurar, eu gosto de imaginar ele usando coisas que vão combinar com ele”, explica Marilda.

Cindy conta que, com o passar do tempo, foi necessário aumentar o portfólio da marca. “O pessoal começou a pedir roupas diferentes, caminhas... E hoje já temos mais de 15 itens diferentes para os animaizinhos”. Dentre eles, é possível comprar moletom, bonés, mochilas, camisas, gravatas e até biquínis.


Um hobby que virou trabalho

O que começou como um hobby é, hoje, a principal fonte de renda de Cindy e Marilda. “Eu estava desempregada e fui atrás de fazer um curso. Foi quando fiz corte e costura. Comecei a gostar e acabamos juntando uma necessidade com a oportunidade que apareceu”, lembra Marilda. “Começou como uma necessidade nossa, e hoje a gente atende a necessidade dos outros. Virou a nossa profissão”, completa Cindy.

Mas, mais do que uma profissão, a Zoe.ira virou a realização de um sonho. “Eu sou bióloga e estou terminando o meu mestrado, mas não me vejo mais sem a loja”, garante Cindy. Para Marilda, trabalhar com roupas e acessórios pet tornou-se uma realização pessoal. “Eu não me imagino mais trabalhando com outra coisa, em uma empresa. Sou muito realizada no que faço”, aponta.


De Ponta Grossa para o mundo

Atualmente, a produção da Zoe.ira é de aproximadamente 60 peças por semana, e as vendas são realizadas para o Brasil inteiro por meio da Internet. “Logo no primeiro ano, fizemos a nossa primeira venda para fora do estado, que foi para São Paulo, e hoje já enviamos para todos os estados”, conta Cindy. Ela lembra ainda que, atualmente, mais da metade da produção é enviada para outros estados. E, este ano, a loja conquistou a sua primeira venda internacional, com uma venda para Portugal.


Serviço

As roupas e acessórios personalizados vendidos pela Zoe.ira estão disponíveis no perfil do Instagram @_zoe.ira e as compras podem ser feitas através do WhatsApp (42) 99936-1942.

 
Notícias Relacionadas »