20/06/2021 às 12h20min - Atualizada em 20/06/2021 às 12h20min

​Assembleia de Deus de PG se manifesta sobre confusão deste sábado (19)

Comunicado oficial presta solidariedade aos fiéis que se sentiram afligidos nesse "momento tão delicado que a igreja tem passado"

Da redação
Foto: Reprodução
O templo sede da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Ponta Grossa (IEAD-PG), localizado próximo ao Palladium Shopping Center, foi palco de confusão na noite deste sábado (19). Reunidos em frente ao local, diversos fiéis foram impedidos de entrar no templo para participar de uma reunião em que, segundo informações preliminares, seria definida a nova presidência da congregação.

Em vídeos que estão circulando por grupos de aplicativos de mensagens e redes sociais, é possível ver cerca de duas a três dezenas de pessoas aglomeradas em frente a igreja, pedindo para ter acesso ao templo e participar da reunião ministerial. Sob palavras de ordem como "Queremos votação!", alguns dos presentes afirmaram, entre outras coisas, que "os nossos dízimos vêm para a sede, e nós queremos ser ouvidos".

Equipes da Polícia Militar (PM) e da Guarda Civil Municipal (GCM) estiveram no local e controlaram a situação. 


Acusações 

De acordo com fiéis, que preferem se manter anônimos, parte da membresia está descontente com algumas lideranças da igreja, sob as quais pesam acusações de cunho sexual e de uso do dinheiro da congregação para fins pessoais. Por esse motivo, parte dos fiéis exigem trocas imediatas na liderança.

No entanto, é importante ressaltar que, embora circulem em vídeos do YouTube e de aplicativos de mensagens, as acusações ainda não foram periciadas nem investigadas pelas autoridades competentes. 

"Momento delicado"

Em nota oficial divulgada na manhã deste domingo (20), a IEAD-PG lamentou os acontecimentos de ontem e esclareceu que a reunião ministerial marcada para as 17h era voltada exclusivamente aos membros que compõem o ministério da igreja, sendo eles dirigentes de congregação, pastores e evangelistas credenciados à Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus do Estado do Paraná (CIEADEP). 

"Para tanto, visando garantir a segurança do corpo de obreiros, bem como evitar aglomeração diante da calamidade pública decorrente da COVID-19 (…), foi requisitado o fechamento dos portões a fim de aferir a temperatura dos obreiros e garantir o uso de álcool em gel", aponta o comunicado assinado por José Polini, atual pastor presidente da IEAD-PG (leia a nota na íntegra ao fim da matéria).

No comunicado, a igreja afirma que, após a reunião ministerial, seria realizada uma Assembleia Geral Extraordinária às 19h30, com chamada para os que já estavam presentes e membros filiados, que acabou não ocorrendo. "Mais uma vez, lamentamos o ocorrido e prestamos solidariedade aos fiéis que se sentiram afligidos nesse momento tão delicado que a igreja tem passado", continua a nota. 

Ao fim do comunicado, Polini pede orações em favor do ministério da igreja, "para que todas as decisões sejam conduzidas para o melhor desempenho da obra de Deus".

Confira a nota na íntegra

A IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS em Ponta Grossa vem através dessa nota lamentar o ocorrido na noite de ontem (19/06/21) como veiculado através de jornais locais, dos quais noticiam que os membros foram impedidos de adentrar o templo Sede.

Informamos que a reunião Ministerial marcada para ocorrer às 17:00hrs, no dia de ontem, era exclusivamente para os membros que compõem o ministério da Igreja, sendo eles dirigentes de congregação, pastores e evangelistas credenciados à CIEADEP.

Para tanto, visando garantir a segurança do corpo de obreiros, bem como evitar aglomeração diante da calamidade pública decorrente da Covid-19, e ainda, respeitando os espaços limitados, conforme prevê a Legislação Municipal que determina ocupação máxima de 30% da capacidade do local, foi requisitado o fechamento dos portões afim de aferir a temperatura dos obreiros e garantir o uso de álcool em gel.

Todavia, após a reunião, seria realizado a Assembleia Geral Extraordinária, designada às 19:30hrs com chamada para os que já estavam presente e membros filiados, conforme pauta do edital previamente publicado.

Mais uma vez, lamentamos o ocorrido e prestamos solidariedade aos fiéis que se sentiram afligidos nesse momento tão delicado que a Igreja tem passado.

Rogamos orações em favor do Ministério da Igreja para que todas as decisões sejam conduzidas para o melhor desempenho da obra de Deus.

Com amor fraterno,

Ponta Grossa, 20 de Junho de 2021.

JOSÉ POLINI

Pastor Presidente da IEADPG

Notícias Relacionadas »