01/03/2021 às 18h00min - Atualizada em 01/03/2021 às 18h00min

Saúde amplia horário de atendimento em UBSs de PG para pacientes com sintomas respiratórios

Prefeitura tem estudado alternativas para ampliar e desafogar o atendimento dos pacientes considerados suspeitos de COVID-19

Da assessoria
Foto: Divulgação / PMPG
A Prefeitura de Ponta Grossa tem estudado alternativas para ampliar e desafogar o atendimento dos pacientes considerados suspeitos de COVID-19. Uma das mudanças implementadas foram as três Unidades Básicas de Saúde (UBS) exclusivas para receber esse público de segunda a sexta-feira. Agora, a nova mudança é na ampliação no horário de atendimento destes locais, bem como da equipe técnica disponível, ficando das 8h às 21h, sem intervalo para almoço. 

“Esse horário foi pensado para que diminuísse a demanda dos casos leves da UPA, a qual fica aberta 24 horas e é referência para os casos moderados e graves. A ampliação vai distribuir o atendimento”, explica o secretário de Saúde, Rodrigo Manjabosco. Cada Unidade referência estará com três médicos, três enfermeiras, quatro técnicos em enfermagem, dois administrativos e um zelador. 

Para manter as equipes técnicas nos três locais de atendimento exclusivo, foi necessário reduzir o número de profissionais nas demais Unidades. Em janeiro e fevereiro, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) atendeu em torno de 7 mil consultas médicas, 8.900 coletas de exames e 10.700 demais atendimentos nas Unidades de atendimento exclusivo. 

 “Agora as Unidades vão atender urgências (acolhimento), renovação de receitas de doentes crônicos, consultas de pré-natal e ação do 5º dia para os recém nascidos. Nós cancelamos temporariamente consultas eletivas, preventivos e puericultura. Contamos com a compreensão da população, pois estamos trabalhando com a gravidade do momento, que levou a redução nos atendimentos eletivos (não urgentes) nas unidades”, destaca o coordenador da Atenção Primária, Thiago Bueno. 

A partir de agora, o município irá redirecionar os pacientes azuis que procurarem o atendimento da UPA Santa Paula (leves - sintomas febris leves, coriza nasal, dor leve no corpo, tosse ocasional, febrícula) para que o serviço possa aumentar os atendimentos de laranja e vermelho (moderados - cefaleia intensa, dor no corpo, dor nas articulações, febre alta (acima de 38,5°), tosse constante, vômito, diarreia e dificuldade respiratória e graves - todo o moderado, mais falta de ar intensa e instauração (baixos índices de oxigênio no sangue). 

Para que a população não procure o local errado, a FMS continua disponibilizando o atendimento e orientações através da central de atendimentos, pelo telefone 3220-1019. “Contamos também com o teleatendimento, indicado para casos leves, contatos de casos confirmados e casos confirmados assintomáticos, que também podem ser marcados pela central”, ressalta a enfermeira Luciana Gasparello. 


Notícias Relacionadas »