02/03/2021 às 11h05min - Atualizada em 02/03/2021 às 11h05min

​HU comunica que não há mais pacientes em macas ou leitos improvisados no hospital

Pacientes estavam sendo atendidos no Pronto Atendimento, que na tarde desta segunda-feira (1) tinha nada menos que 650% de ocupação

Da Redação
Divulgação / AEN
Na manhã desta terça-feira (2), a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) emitiu nota de esclarecimento a respeito da ocupação de pacientes atendidos no Pronto Atendimento do Hospital Universitário (HU), em Ponta Grossa. No comunicado, a instituição esclarece que os pacientes que estavam sendo atendidos no Pronto Atendimento, que na tarde desta segunda-feira (1) tinha nada menos que 650% de ocupação, foram acomodados em leitos de observação adaptados com equipamentos para atendimento emergencial. De acordo com a instituição, não há mais pacientes acomodados em macas ou leitos improvisados. 

Confira a nota na íntegra: 

“A Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio de seu Hospital Universitário, esclarece que os pacientes acolhidos no Pronto Atendimento, que figurava na tarde de segunda (01) com 650% de ocupação, estão acomodados em espaços que eram utilizados anteriormente como leitos de observação e que receberam equipamentos para atender emergencialmente. Nesses leitos, os pacientes esperam vagas na UTI e/ou Clínica Covid. Não há pacientes em macas ou leitos improvisados. Ressalta-se, ainda, que a equipe do Pronto Atendimento tem se desdobrado para atender da melhor forma possível à superlotação. Em nome das equipes do Hospital Universitário, que estão exaustas após um ano de pandemia, fica o apelo à população para que siga as recomendações de distanciamento social, uso de máscaras e higiene. Como aponta a campanha lançada ontem (01), não queremos que ninguém mais precise conhecer pessoalmente nossos profissionais de linha de frente. Afinal, nesta luta o nosso maior valor é Humano”.  

Notícias Relacionadas »