14/07/2021 às 14h29min - Atualizada em 14/07/2021 às 14h29min

Internado, Bolsonaro pode passar por cirurgia para retirar parte do intestino

Presidente aguarda a chegada do médico cirurgião Antônio Luiz Macedo, para decidir se haverá cirurgia

Por 'Metrópoles'
Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pode ter de passar por uma cirurgia de emergência, informa o 'Metrópoles'. Segundo informações da coluna do jornalista Guilherme Amado, Bolsonaro está com uma inflamação no intestino e pode ter de tirar uma parte do intestino. 

Bolsonaro foi internado na madrugada desta quarta-feira (14) com dores abdominais. Segundo a Presidência da República, ele passa por uma bateria de exames no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, para investigar o motivo de um soluço que persiste há mais de 10 dias. 

"Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem", explicou a presidência em nota. 

Segundo o 'Metrópoles', Bolsonaro aguarda a chegada do médico cirurgião Antônio Luiz Macedo, que está a caminho de Brasília, para decidir se haverá cirurgia. O profissional é gastroenterologista e especialista em cirurgia robótica. 

O médico é o mesmo que operou o presidente da República em 2019, cirurgias necessárias após Bolsonaro levar uma facada na campanha de 2018. 

Todas as reuniões do presidente foram canceladas nesta quarta, como o encontro que aconteceria entre representantes dos três poderes. O Supremo Tribunal Federal divulgou uma nota afirmando que a reunião será remarcada.

Histórico de saúde 

É comum Bolsonaro falar sobre sua saúde em conversas com apoiadores. Uma das últimas menções de Bolsonaro foi feita em abril deste ano. Ele disse que teria que passar por uma nova cirurgia ainda em 2021 para correção de uma hérnia em seu abdome. Em 2018, durante a campanha presidencial, Bolsonaro levou uma facada e, desde então, tem sido submetido a alguns procedimentos cirúrgicos.

Notícias Relacionadas »