18/07/2021 às 17h46min - Atualizada em 18/07/2021 às 17h46min

Morre em PG o médico ortopedista Fernando Manuel Quaresma Roque

Considerado um exemplo que dignifica a profissão, médico foi um dos sócios-fundadores da Unimed

Da redação
Foto: Divulgação
O médico ortopedista Fernando Manuel Quaresma Roque morreu na tarde deste domingo (18), aos 87 anos, em decorrência de um câncer no fêmur e na bacia. O médico estava internado há cerca de dez dias no Hospital Geral Unimed (HGU), onde veio a falecer, cercado da família. 

Nascido em Portugal, o médico se formou em Medicina pela Universidade de São Paulo (USP) e desenvolveu a maior parte de sua carreira em Ponta Grossa, onde atuou na Clínica Ponta-grossense de Fraturas e foi um dos sócios-fundadores da natação do Clube Guarani e da Unimed. 

Fernando Manuel Quaresma Roque deixa a esposa, Joyce Teixeira Roque, e quatro filhos. A família optou por não realizar velório. Informações sobre o sepultamento devem ser divulgadas nesta segunda-feira (19). 

Exemplo que dignifica 

A morte do profissional causou grande comoção entre médicos e lideranças de Ponta Grossa. Genro de Quaresma Roque, o ex-secretário municipal de Obras, Marcio Ferreira, homenageou o sogro nas redes sociais. “Com certeza, ele foi um dos melhores ortopedistas do Paraná. Cumpriu dignamente a sua passagem terrena junto à nossa família”, escreveu. 

Em 2009, o médico foi reconhecido como um dos exemplos que dignificam a profissão pelo Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR). O diploma de mérito ético concedido pela entidade “homenageia os médicos que tenham completado 50 anos ininterruptos de atividade sem sanção ético-profissional e com relevante e exemplar conduta médica”. 

Notícias Relacionadas »