19/07/2021 às 17h52min - Atualizada em 19/07/2021 às 17h52min

Após dois meses de aulas presenciais, PG já conta com 19 mil alunos em sala

78% dos alunos do Ensino Fundamental já frequentam o ensino presencial no município

Da assessoria
Foto: Divulgação
Os CMEIs e Escolas Municipais de Ponta Grossa chegam nesta semana a dois meses de aulas presenciais ininterruptas – maior período desde o início da pandemia de Covid-19, em 2020. A retomada também é a mais longa entre as grandes cidades do Paraná, atingida com muita vigilância sobre o cumprimento do protocolo de segurança e contando com o engajamento dos profissionais da Educação.

Neste período, a Secretaria Municipal de Educação realizou o diagnóstico sobre o aprendizado dos alunos e iniciou trabalhos para reduzir a defasagem escolar de diversos estudantes. Atualmente, 19,6 mil alunos a partir de 03 anos já estão frequentando as classes presenciais, sendo que 11,6 mil estudantes do Ensino Fundamental vão à escola todos os dias.

Para a secretária Simone Pereira Neves, a retomada demonstrou que os profissionais das escolas e CMEIs estavam preparados para o desafio. "O grande temor de que as escolas e CMEIs seriam focos de proliferação do vírus não se tornou realidade, o que demonstra que o plano de uma retomada gradual e segura, com o comprometimento de todos, teve um grande sucesso em nossa rede. Com isso podemos avançar desde já e vencer as dificuldades educacionais impostas pelo afastamento das crianças durante esse período", afirma a secretária.

Frequência é de 78% no Fundamental

Há dois meses, no início da retomada das aulas presenciais, a intenção de frequência para o Ensino Fundamental era de 52%, em levantamento das escolas. Hoje as escolas já recebem presencialmente 78% destes estudantes. No total, 17.761 alunos frequentaram as aulas, sendo que 11.600 deles estão frequentando diariamente. Já na Educação Infantil, a intenção de frequência era de 54% na Educação Infantil. Nos últimos 2 meses a frequência registrada foi de 30%, desestimulada em parte pelo inverno, o que normalmente ocorre nesta época do ano.

A retomada das aulas também supriu uma necessidade imediata. No início do ano, a SME constatou que 1354 alunos do Ensino Fundamental não possuem qualquer acesso às mídias eletrônicas, nem mesmo ao canal de TV. Estes alunos passaram a ser atendidos de maneira presencial, com horas agendadas, e encontram-se hoje nas aulas regulares. Além destes, foram priorizados alunos em situação de vulnerabilidade social e aqueles que apresentaram dificuldades de aprendizado no modelo remoto.

Notícias Relacionadas »