31/07/2021 às 18h00min - Atualizada em 31/07/2021 às 18h15min

Museu de Ciências Naturais da UEPG terá espaço lúdico ao ar livre

Objetivo do espaço é fortalecer os laços da UEPG com a sociedade de Ponta Grossa e região

Da assessoria
Foto: Divulgação
O deputado federal Enio Verri destinou R$300 mil para a construção do espaço da Ciência Lúdica, anexo ao Museu de Ciências Naturais da Universidade Estadual de Ponta Grossa (MCN-UEPG). Nesta quarta-feira (28), o deputado foi recebido pelo reitor da UEPG para debater detalhes do projeto e aproveitou para visitar o recém-criado Museu.

“São investimentos como esse que podem contribuir para mudar a nossa sociedade”, destaca Verri. A criação do espaço ao ar livre está em consonância com a proposta de Campus Parque encabeçada pela gestão da UEPG – a abertura dos espaços da Universidade às pessoas. “A reitoria tem um projeto muito amplo no que se refere à relação da UEPG com a comunidade”, elogiou. “Esse espaço de ciência lúdica é exatamente um local onde as crianças das escolas municipais e os jovens das escolas estaduais poderão visitar a UEPG e ter um espaço adequado para falar sobre ciência, para conhecer melhor o futuro que cada um vai escolher”. O deputado complementa, ainda, que o objetivo do espaço é, justamente, fortalecer os laços da UEPG com a sociedade de Ponta Grossa e região.

A destinação do recurso, fruto de emenda parlamentar, foi intermediada pelo mandato coletivo do PSOL na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa, representado na visita pelos covereadores Guilherme Mazer e João Luiz Stefaniak. A escolha feita pelo deputado por destinar verbas para este projeto, em específico, foi em função de unir ensino, pesquisa e extensão em uma atividade que propicia o intercâmbio com a comunidade de forma essencial.

“Defensor da universidade pública, Enio Verri buscou a UEPG, por meio da vereadora Josi e coletivo, para fazer um investimento no projeto Campus Parque”, conta o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto. Segundo ele, o projeto chamou a atenção do deputado pela proposta de abrir a universidade para a comunidade, fortalecendo os aspectos de formação humana.

“Visitar o campus da UEPG vai ser um grande programa para se fazer em Ponta Grossa”, garante o diretor do Museu de Ciências Naturais da UEPG, professor Antonio Liccardo. “Esse espaço lúdico para crianças ao lado do museu é um projeto muito em sintonia com a nossa proposta. A ideia geral é aproximar esses ambientes da UEPG da comunidade, e as crianças que vierem ao museu vão acabar associando a experiência com divertimento inteligente”.

Ciência Lúdica

O espaço, batizado de Ciência Lúdica, terá uma mescla de piso de concreto e de pneus reciclados, material ecologicamente correto que é propício para parques infantis por amortecer impactos, além de uma mistura de cores e texturas, contribuindo para a experiência sensorial. As crianças poderão caminhar sobre uma pequena montanha, circular em uma pista de corrida e de bicicleta, além de aproveitar os projetos que serão implantados no local.

A professora Andrea Tedesco, pró-reitora de Planejamento da UEPG, resume: “É uma área de encontros”. Ali, em uma área de 824,12m² ao ar livre, vão se encontrar crianças, adolescentes, famílias, visitantes do Museu, alunos e professores da UEPG.

Um tabuleiro de xadrez gigante. Jogos de memória com grandes personagens da ciência. Réplicas gigantes de animais e insetos. Jardins com flores e árvores. Parede de escalada. Painel de tubos musicais. Labirinto pintado no chão, representando circuitos eletrônicos. Letras, símbolos e números gigantes para formação de palavras e operações aritméticas básicas. As possibilidades de atividades físicas, artísticas e recreativas são infinitas, explica a professora Andrea. “A ideia é que os alunos, principalmente das licenciaturas, desenvolvam projetos de extensão, com brinquedos e atividades pra ensinar ciências para as crianças de forma lúdica”.

Ciência Lúdica terá ainda outros vizinhos muito especiais e que devem ser visitantes assíduos: logo ao lado fica o Centro de Atenção Integral a Criança e ao Adolescente (Caic-UEPG). “As crianças do Caic podem usar o espaço para brincadeiras e as professoras, para trabalhar os temas de Ciências. É um grande espaço propício para o desenvolvimento de atividades ao ar livre”, diz a professora Andrea.

A ideia surgiu a partir de outros locais como este, amplamente visitados, em todo o mundo. O professor Pedro Henrique Weinrich Neto, do curso de Agronomia da UEPG, foi o idealizador do espaço Ciência Lúdica e conta que é bastante comum, mundo afora, museus, universidades, laboratórios, parques, passarem sua mensagem, em diversas “linguagens”, como, por exemplo, para o público infantil. “De maneira divertida, por que não lúdica, pode-se facilmente através das crianças tentar tornar o mundo mais agradável. Por que não a UEPG ter um espaço que conte de maneira divertida, e envolva a comunidade infantil na sua realidade?”, motiva.

Museu de Ciências Naturais

O MCN-UEPG é um complexo científico-educativo-turístico, com 1800 peças de geodiversidade e biodiversidade. A UEPG, que é referência nacional e internacional nos estudos de Patrimônio Natural, Paleontologia, Astronomia e Turismo de Natureza, organizou o espaço de exposição em 50 temáticas, que tomaram conta do local onde era a antiga biblioteca do campus Uvaranas, no Centro de Convivência. O acervo tem origem em projetos de Geociências e Biologia, além de doações pessoais, como a do professor Antonio Liccardo, idealizador do MCN. O Museu deve ser inaugurado e aberto ao público com o retorno das atividades presenciais.

Notícias Relacionadas »