03/08/2021 às 13h32min - Atualizada em 03/08/2021 às 13h32min

Empresa dos Campos Gerais contrata Neymar como garoto-propaganda

Companhia também estuda o lançamento de uma linha de desodorantes com o nome do craque

Por 'Tirbuna PR'
Foto: Divulgação
Uma contratação de peso pode ajudar a Baston Aerossóis, de Palmeira, nos Campos Gerais, a flertar com o mercado internacional com a sua principal marca, informa o portal 'Tribuna PR'. Com um contrato publicitário de três anos com o jogador de futebol Neymar Jr., a empresa paranaense quer projetar globalmente a marca de desodorantes Above, além de assumir a liderança em vendas de antitranspirantes no Brasil.

De acordo com a Baston, o contrato permite o uso da imagem do astro do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira. Também prevê o lançamento de uma linha de desodorantes com o nome de Neymar. Para a empresa, a estratégia de marketing terá seu ápice na Copa do Mundo de 2022, quando o principal nome do futebol nacional deverá estar ainda mais em evidência.

“Isso tem tudo a ver com o nosso objetivo de assumir a liderança nacional em antitranspirantes e ganhar visibilidade global para levar a Above, que é uma marca 100% brasileira, para o mercado internacional”, disse em nota Gustavo Malucelli Bacila, CEO da Baston.

O valor do contrato não foi revelado por ambas as partes, mas é o maior contrato de marketing já realizado pela Baston desde o lançamento da Above, em 2018.


Produção

A Above disputa a liderança no segmento dos desodorantes no Brasil com a Rexona. Enquanto a marca paranaense vende aproximadamente 10 milhões de frascos por mês, a concorrente, fabricada pela multinacional Unilever, tem vendas na casa dos 14 milhões.

Contudo, a Baston está ampliando a estrutura fabril e deve elevar a produção. Com um investimento de R$ 100 milhões, a empresa começou a instalar, neste ano, uma nova fábrica de cosméticos, uma de latas de aço e uma terceira de atuadores (que são as tampas disparadoras dos aerossóis). Após concluída, a fábrica terá capacidade de produzir 2,3 milhões de latas de aerossóis por dia – mais do que o dobro da produção atual, de 1 milhão.

Notícias Relacionadas »