14/08/2021 às 16h31min - Atualizada em 14/08/2021 às 16h31min

Empresários de PG se unem para comercializar churrasco ao estilo texano

Idealizado pelos proprietários da Hamburgueria 13 e da Família BBQ, o Carne/Oficina trabalha com receitas diferenciadas de churrasco

Por Cassio Murilo
Fotos: Cassio Murilo
Ângelo Carneiro da Silva, proprietário da Hamburgueria 13, e Braian Sulivan, proprietário da Família BBQ, inauguram neste domingo (15), às 11h30, em Ponta Grossa, o espaço gastronômico Carne/Oficina, voltado à cultura do churrasco americano, com carnes defumadas em longos processos e em lenha frutífera. 

O negócio funcionará em um antigo depósito de uma oficina mecânica – daí o nome “Carne/Oficina” (também um trocadilho com “carnificina”). “Aqui era um depósito onde eu guardava as ferramentas da minha antiga oficina. Fala de ‘carnificina’ mas, na verdade, é porque a gente vai fazer um churrasco e ainda vai continuar parte da nossa extinta oficina aqui”, explica Ângelo.

Braian observa que o Carne/Oficina sintetiza a paixão pela cultura automotiva e pela culinária, que ele divide com Ângelo. “É a paixão pelo churrasco norte-americano e pelo carro. Assim como o american barbecue [churrasco americano] sai da mesmice de simplesmente assar uma carne, o gosto pela ‘tunagem’ ou pelo carro antigo também é algo que chama a atenção”, aponta. 

No cardápio do empreendimento, estão produtos como costela bovina (beef ribs), ponta de peito (brisket), costelinha suína (BBQ), linguiça texana e diversos acompanhamentos, como maionese de b
atata, farofa, arroz branco e salada coleslaw (salada com repolho, tipicamente americana). 


Baixo e lento 

“A premissa desse churrasco é a paciência. Não tem como fazer esses cortes de carne de maneira rápida”. Com essa frase, Ângelo ilustra um dos diferenciais do churrasco americano em relação ao preparo: a carne passa, no mínimo, sete horas no defumador até atingir o resultado ideal. Em alguns casos, o preparo chega a 13 horas de duração. “A fumaça é um tempero extra”, menciona Braian.

Apesar de ser vidrado na cultura americana, Ângelo diz que “paga pau” para o Brasil e compara o processo norte-americano à costela de chão brasileira, na qual a paciência também é um fator importante. “O tempo de cinco a seis horas no preparo de uma costela é um lance cultural. Quem tem essa vertente já começa cedo com um chimarrão. Já no churrasco americano, essa paciência é obrigatória”, relata. “É exatamente o termo que eles usam: low and slow [baixo e lento]”, acrescenta Braian.


Equilíbrio de temperos 

O tempero também é lembrado pela dupla como um diferencial. Ângelo observa que, em comparação com o churrasco brasileiro, que geralmente se vale do sal para temperar a carne, o churrasco americano é mais adocicado. “A costelinha, por exemplo, leva muito mais açúcar do que sal, além de outros condimentos que também são doces, como a páprica. A pessoa que nunca experimentou não entende se tem ou não açúcar quando prova”, aponta.

Braian ressalta que a presença do açúcar, na verdade, tem a função de equilibrar os temperos. “As pessoas, às vezes, não entendem que o açúcar não é para deixar doce, mas, sim, para equilibrar os outros ingredientes. Seguimos a proporção de cinco de sal, quatro de pimenta, três de açúcar, dois de colorau, um de alho e páprica doce. O açúcar cumpre a função de não deixar muito apimentado ou muito salgado”, explica.

Fogo, fumaça e amor

Em um primeiro momento, o Carne/Oficina funcionará apenas por delivery e retiradas no balcão. Tanto Ângelo quanto Braian querem caminhar sem pressa no novo empreendimento. Conforme a aceitação do público, a casa será aberta para consumo no local. Nesse estágio, a dupla pretende servir os cortes de carne como são servidos no Texas (EUA), em “bandejões” com acompanhamentos. 

Ângelo enfatiza que os fornecedores da badalada Hamburgueria 13 serão os mesmos da Carne/Oficina, o que vai garantir a qualidade do produto. “Os caras podem esperar muita coisa boa. A gente quer sempre fazer hoje melhor do que fez ontem”, garante. “A gente quer entregar aquele almoço de família. O slogan da Família BBQ diz ‘Fogo, Fumaça e Amor’. É o amor de estar todo mundo junto comendo e fazendo algo que gosta”, completa Braian.

SERVIÇO 

Carne/Oficina

Endereço: Rua Theodoro Rosas, 1288

Contato: (42) 9-9847-9503 / (42) 9-8421-2509

Delivery e balcão 

Notícias Relacionadas »