18/08/2021 às 12h48min - Atualizada em 18/08/2021 às 12h48min

Polícia Civil de PG cumpre mandado de busca e apreensão em casa de 'hacker'

Suspeito teria invadido uma empresa de segurança com sede no município

Da assessoria
Foto: Divulgação
No último mês de março, uma empresa de segurança com sede em Ponta Grossa passou por uma série de invasões a seus servidores, ocasião em que foram substituídos arquivos de áudio das sirenes das empresas clientes, encaminhado-se arquivos contaminados, assim como informações falsas, fato que resultou em grandes prejuízos financeiros.

Após o crime ser noticiado, iniciaram-se as investigações que identificaram o suspeito, representando-se, então, pela busca e apreensão. Na manhã desta quarta-feira (18), na região central de Ponta Grossa, cumpriu-se o mandado de busca e apreensão em um apartamento, ocasião em que foram apreendidos dispositivos informáticos que podem ter sido utilizados para a prática do crime.

O crime de invasão de dispositivo informático teve a pena aumentada, contando com reclusão de um a quatro anos. Caso o crime gere prejuízo econômico à vítima, a pena é agravada, podendo exceder a seis anos.

Notícias Relacionadas »