21/08/2021 às 10h01min - Atualizada em 21/08/2021 às 10h01min

Vereador busca parceria de piscina para atletas da natação em PG

Com a piscina municipal interditada, parlamentar dialoga possibilidades de parceria, desde janeiro deste ano, junto à instituições do município

Da assessoria
Foto: Divulgação
O parlamentar Felipe Ramon dos Passos (PSDB), enviou nessa semana, documento para a Universidade Tecnológica Federal de Ponta Grossa (UTFPR) sugeririndo a possibilidade de utilização da estrutura de piscina aquecida do Campus local, através da autorização do corpo de profissionais responsáveis e na pessoa do Diretor Sr. Abel Dionizio Azeredo junto a possível parceria com Associações e atletas e ou órgãos municipais competentes (como a Secretaria de Esportes do Município) que praticavam e utilizavam a piscina municipal do antigo Clube Guaíra, a qual hoje está impossibilitada de treinamento por causa de interdição.  Passos sugere no documento ao Reitor Abel: "Outra possibilidade seria através de uma taxa diferenciada e através das vagas e horários disponibilizados para a comunidade, através da Associação dos Servidores da UTFPR."

Situação

Ponta Grossa vive graves problemas em uma das modalidades que mais traz conquistas para a cidade. A natação está desde o final do ano passado sem estrutura pública adequada para realizar treinamentos e a perspectiva não era a das melhores. O antigo clube Guaíra, onde fica a Piscina Municipal, tem o teto prejudicado e depende de uma grande obra para abrigar as atividades esportivas. Outra alternativa, como a estrutura da Arena Multiuso, esbarra na falta de aquecimento e, por consequência, em dificuldades orçamentárias. 

Outras possibilidades

Passos esteve reunido e em diálogo desde início do ano com o Secretário de Esportes do Município Marco Raasch, diretor-geral Carlos Henrique Pedroso  e repassaram a busca e viagens a outros municípios para ver a possibilidade de aquecer a piscina da Arena Multiuso pelo método 'trocador de calor', mais barato e em menor tempo de realização do que todo o processo da reforma da antiga piscina municipal (Guaíra).

O vereador também protocolou Moção de Apelo para a UEPG, na pessoa do Reitor Miguel Sanches Neto, buscando possível parceria na estrutura do Campus de Uvaranas e, esteve lá nessa semana, conversando com um dos responsáveis do departamento, o qual explicou que é possível uma parceria mas teria maior dificuldade de início esse ano pelo fato de estarem com licitação para mudar o sistema de lenha, que inclusive está em falta, para 'aquecimento à gás'. E que também há a preocupação de vacinação da segunda dose daqueles que estarão à frente das atividades, condicionando possivelmente retorno para ano que vem, por não compensar financeiramente aquecer e manter a piscina para poucos horários e atletas, haja visto que atividades presenciais letivas relacionadas não teriam ainda retornado.

Felipe finaliza: "Estou nas tentativas desde janeiro e sei as dificuldades e prejuízos de rendimento/ índices (pelo não funcionamento da piscina municipal) nas atividades desenvolvidas da própria Secretaria de Esportes (com 300 crianças), na equipe da Associação de Pais e Amigos da Natação de Ponta Grossa (Apanpg), no Corpo de Bombeiros, militares, Exército, jogadores do Operário, hidroginástica, triatletas, categoria Master. Tenho em mente que hoje a melhor possibilidade e esperança para retorno de treinamento ideal seria na UTFPR e ou algum clube particular que possa dar esse suporte/ parceria para a natação ponta-grossensse. Continuo em diálogo e busca do melhor e mais rápido caminho junto a toda comunidade de Ponta Grossa".

Notícias Relacionadas »