21/08/2021 às 17h53min - Atualizada em 21/08/2021 às 17h53min

Comprar on-line e pagar no crediário? Isso é possível

As compras on-line dispararam na pandemia, mas nem todos têm cartão de crédito ou paciência para pagar boletos em agências. Por isso, as empresas têm criado formas de adaptar o crediário ao mundo digital

Da redação
Foto: Reprodução
Uma invenção brasileira da década de 1950, o crediário foi criado como uma alternativa de pagamento quando os cartões de crédito ainda não existiam e o sistema bancário do país era mais precário. Muito populares até os anos 90, os crediários – ou carnês, como também são conhecidos – permitiam que milhares de pessoas comprassem móveis e eletrodomésticos em parcelas, que não raro podiam chegar a 40.

O sistema de parcelamento ainda é uma alternativa vantajosa para milhões de brasileiros, principalmente para aqueles que não têm cartão de crédito ou conta bancária, os chamados “desbancarizados”. Por ser um tipo de financiamento que funciona de maneira independente do banco – algumas lojas utilizam financeiras e outras têm crediário próprio –, o crediário oferece algumas vantagens para o comprador, como juros baixos, um maior número de parcelas e a possibilidade de negociar diretamente com a loja.

Com a pandemia, as compras on-line tornaram-se cada vez mais frequentes. No entanto, essas pessoas enfrentam grandes dificuldades ao realizar compras no ambiente virtual, já que as únicas alternativas de pagamento, nesses casos, são o boleto à vista e o cartão de crédito. O boleto, além de não permitir o parcelamento, ainda pode ser um dificultador na hora da compra, já que muitos precisam se deslocar até uma agência bancária para realizar o pagamento.

Pensando na grande massa de consumidores que ainda depende do crediário, algumas empresas têm criado formas de adaptar essa modalidade de compra às novas realidades do mundo digital. Sediada em Ponta Grossa e com mais de 200 filiais pelo Brasil, a Lojas MM é uma dessas empresas. A companhia criou uma solução que permite ao consumidor abrir e utilizar o seu crediário sem precisar sair de casa.

Funciona assim: o cliente entra em contato através do WhatsApp da Lojas MM e é redirecionado à filial de sua cidade. Nesse contato com a filial, ele pode abrir o crediário e realizar a sua compra. O produto e o carnê de pagamento são enviados para a casa do comprador via delivery, onde o cliente assina o documento. O pagamento das parcelas pode ser feito de maneira digital através do portal de soluções da empresa, que oferece campos para pagamento do carnê no boleto e opção para conversar com o setor de cobrança.

Segundo Marcelo Ramalho, CEO da fintech de empréstimo pessoal Lendico, esse tipo de solução pode ampliar o poder de compra dos brasileiros. Em artigo publicado no portal ‘Mercado e Consumo’, Ramalho afirma que “proporcionar a inclusão digital desses ‘invisíveis’ dos sistemas de pagamento já é um passo significativo para a aceleração digital e a estimulação do consumo na nova economia. E dar acesso ao crédito on-line permitirá que as pessoas concretizem os seus planos e sonhos sem antigos entraves”, afirma. 

Notícias Relacionadas »