24/08/2021 às 06h17min - Atualizada em 24/08/2021 às 06h17min

Educação de PG decide aumentar número de alunos em sala

Ensino remoto continua sendo uma opção para as famílias

Da assessoria
Foto: Divulgação
A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Ponta Grossa atualizou nesta segunda-feira (23) o distanciamento entre os alunos em sala de aula, passando de 1,5m para 1m. A medida, que segue orientação da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (SESA), já foi comunicada oficialmente pela SME às unidades escolares do município, que poderão ampliar o número de alunos em sala. Já o ensino remoto continua sendo uma opção para as famílias.

Desta forma, diversas escolas poderão não necessitar mais dividir as turmas em duas. Até o momento, devido ao distanciamento, parte dos alunos estuda de maneira remota e a outra, presencial, a cada semana – o que era uma medida alternativa. Agora, para as famílias que optam pelo ensino presencial, as aulas poderão ser diárias na escola – desde que seja respeitado o distanciamento. Caso o novo distanciamento não permita o atendimento da turma completa, o ensino semanal intercalado poderá ser avaliado como opção. Também retornam as aulas às sextas-feiras, uma demanda de diversas famílias que optam pelo presencial.

Já para as famílias que optam pelo ensino remoto, poderão seguir acompanhando as aulas pela TV Educativa ou pelo endereço youtube.com/smepontagrossa, por meio do programa ‘Vem Aprender’, realizando as atividades enviadas pela escola.

Para as escolas que oferecem o ensino em tempo integral, há também a possibilidade de dividir as turmas de modo que parte dos alunos estude presencialmente pela manhã, enquanto outro grupo frequente no período da tarde. A organização dos horários será feita em cada uma das unidades, respeitando as demandas de cada CMEI ou escola.

Protocolo continua

Mesmo com a redução do distanciamento entre os alunos, orientada pela SESA, as medidas previstas no protocolo de biossegurança adotadas nas unidades escolares continuam válidas, devendo ser observadas por todos os profissionais da Educação – e também pelos alunos e familiares. A SME também destaca que os intervalos de aulas devem ser organizados de maneira escalonada, evitando aglomerações de alunos e a circulação simultânea.

Ponta Grossa já registra três meses de retorno às aulas presenciais, de maneira gradativa. Neste período, a presença de alunos nas escolas aumentou, chegando a 19 mil de seus 30,5 mil alunos já em sala de aula. Entre os alunos do Ensino Fundamental, 78% deles estão no presencial e 11,6 mil já vão às aulas diariamente.

Notícias Relacionadas »