25/08/2021 às 15h08min - Atualizada em 25/08/2021 às 15h08min

Iniciativas de PG faturam prêmios no maior evento de inovação do Paraná

Evento reconheceu ambientes de inovação e negócios inovadores de seis regiões do estado

Da assessoria
Foto: Divulgação
O primeiro dia do maior evento de inovação do Paraná, o Conecta 2021, nesta quarta-feira (25), foi marcado pela divulgação dos vencedores do Prêmio Habitats PR de Inovação. O Sebrae/PR, com apoio da Rede Paranaense de Incubadoras e Aceleradoras (Reinova), reconheceu ambientes de inovação, ou habitats, e negócios inovadores de seis regiões do Estado, em duas categorias: Empreendimentos em desenvolvimento e Empreendimentos consolidados. 
 
A escolha dos vencedores ocorreu após avaliação realizada por bancas regionais. Ao todo, 33 ambientes de inovação participaram das seletivas. Na categoria empreendimentos em Desenvolvimento, foram reconhecidas empresas que participam de programas oferecidos por habitats de inovação, instaladas ou não nesses ambientes. Disputaram em empreendimentos Consolidados, negócios que se relacionam com os habitats e atuam no mercado de maneira mais consistente.
 
De Ponta Grossa, a Incubadora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) foi a vencedora na categoria “Em Desenvolvimento”, na região Centro. Com o objetivo de fornecer suporte a empreendedores que desejam transformar ideias inovadoras de base tecnológica em negócios de sucesso, a incubadora abriga hoje duas empresas, entre as quais está a Mush, vencedora junto com a UTFPR na mesma categoria.
 
 A startup é uma plataforma de biotecnológica que gera soluções sustentáveis à base de fungos. Incubada desde 2019, na Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), a startup, com alto grau de maturidade, está em fase de desenvolvimento de novos produtos e de parcerias com aceleradoras e possíveis clientes. 
 
Conforme o gestor da incubadora da UTPFR, Matheus Pereira Postigo, o ambiente de inovação da instituição atua na conexão entres possíveis parceiros e a incubadora, além da disponibilização de espaço para atendimento de clientes. “Temos ainda um setor de prototipagem. Uma das grandes demandas da Mush, por exemplo, são os moldes para crescer os produtos à base de fungos. Temos impressoras 3D, moldamos de acordo com a demanda deles e fazemos a impressão”, explica. 
 
“Estamos muito felizes com o reconhecimento, que é fruto do esforço para promover as startups de base científica e tecnológica. É uma recompensa tanto para a startup, quanto para a instituição”, frisa o gestor. 
 
O diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini, lembra que a instituição atua no fomento e articulação desses habitats e a premiação reconhece o trabalho realizado pelos ambientes de inovação por cumprirem papel relevante dentro dos seus ecossistemas, estimulando o empreendedorismo. 
 
“Os habitats dão vida ao ecossistema, impulsionam a inovação no Paraná, potencializam negócios e dão suporte para as empresas inovadoras. Esse reconhecimento demonstra que os ambientes de inovação estão ativos e estimulam uma nova forma de promover o desenvolvimento, com base no conhecimento e sua aplicação em rede”, comenta Agostini. 
Os vencedores receberão troféu e certificado de “Empreendimento ou Ambiente de Inovação Destaque 2021”. Além disso, os empreendedores ganharão mentorias e consultoria do Sebrae/PR.   
 
Panorama
 
No Paraná, são mais de 100 habitats de inovação, número 300% maior na comparação com três anos atrás. Com o Programa Habitats PR de Inovação, o Sebrae/PR contribuiu para fomentar e fortalecer novos habitats no Estado, promovendo iniciativas pelo intercâmbio de conhecimento e práticas produtivas entre empresas, universidades, instituições, incubadoras e governos. Igualmente, têm contribuído para o desenvolvimento e surgimento de habitats, os trabalhos realizados pela Reinova e pelo Sistema Estadual de Parques Tecnológicos (Separtec).
 
Vencedores:
 
Em Desenvolvimento 
 
Noroeste - Idea 5 (startup WLA)
Sul - Ciklo Hub de Inovação (startup BBA Brazilian Bioactives)
Oeste - Incubadora Municipal Bernardino Zelindo Barbieri (startup Netword Agro)
Centro - Incubadora Tecnológica da UTFPR – Ponta Grossa (startup Mush)
Leste - Incubadora Tecnológica da UTFPR – Curitiba (startup Neosilos)
Norte - Incubadora Tecnológica da UTFPR – Cornélio Procópio (startup Axion)
 
Consolidados
 
Noroeste - Fundação Educere (startup CELF)
Sul - Sudotec (startup Leigado) 
Oeste - Incubadora Tecnológica da UTFPR – Medianeira (startup SWA Sistemas)
Leste - Hotmilk (startup Diagnosi)
Norte - GO SRP (startup Trace Pack)

Notícias Relacionadas »