29/08/2021 às 17h12min - Atualizada em 29/08/2021 às 17h12min

Paraná receberá mais 182,1 mil doses de vacinas contra a COVID-19 nesta segunda-feira (30)

São 64.350 doses da Pfizer/BioNTech e 117.750 doses da AstraZeneca/Fiocruz. Imunizantes devem desembarcar no Aeroporto Afonso Pena

Por 'AEN'
Foto: Américo Antonio/SESA
O Ministério da Saúde confirmou o envio de mais 182.100 doses de vacinas contra a COVID-19 ao Paraná nesta segunda-feira (30). São 64.350 doses da Pfizer/BioNTech e 117.750 doses da AstraZeneca/Fiocruz. A pauta de distribuição foi divulgada neste domingo (29).

As vacinas da Pfizer devem desembarcar no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, às 19h10 no voo LA 4721. Já os imunizantes da AstraZeneca, chegam às 20h05 no voo AD 4078. De lá, as doses serão enviadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), para conferência e armazenamento até que sejam distribuídas.

O governo federal ainda não confirmou se os imunizantes serão destinados à primeira ou à segunda doses. A Secretaria de Estado da Saúde aguarda a divulgação do Informe Técnico para definir a distribuição das vacinas.

Até a manhã deste domingo (29), o Paraná já aplicou 10.634.474 doses, sendo 7.361.122 primeiras (D1), 317.810 doses únicas (DU) e 2.955.542 segundas doses (D2). De acordo com a estimativa do Ministério da Saúde, o Estado possui 8.720.953 pessoas acima de 18 anos. Dentre primeiras doses e doses únicas, o Paraná aplicou 7.678.932 vacinas, atingindo 88% da população adulta com, pelo menos, uma dose.

Mais lotes

Na sexta-feira (27) a secretaria estadual da Saúde iniciou a distribuição de 529.607 doses – sendo 125.820 para primeiras (D1) e 403.787 para segunda aplicação (D2). Os imunizantes eram parte da 42ª e 43ª remessas do Ministério da Saúde. Foram enviados, ainda, 26.940 medicamentos do chamado “kit de intubação” para serviços de saúde que estão atendendo pacientes com a doença. Destes, 24.830 são de compra própria da secretaria e 2.110 enviados pelo Ministério da Saúde.

Notícias Relacionadas »