14/09/2021 às 09h13min - Atualizada em 14/09/2021 às 09h13min

Morte de ponta-grossense para o câncer causa grande comoção nas redes sociais

Giuliana revelou que estava com a doença no dia 1º de maio; além do marido, ela deixa uma filha de quatro anos

Da redação
Foto: Reprodução
“Comunico o falecimento da minha querida Giuliana.” Foi com essas palavras, tão simples, mas tão carregadas de sentimento, que Alexando Skavronski informou amigos e familiares sobre a morte da ponta-grossense Giuliana Cristina Alves, por volta da 1h desta terça-feira (14). Giuliana tinha 36 anos e travava uma luta contra o câncer. 

Muito conhecida, a ponta-grossense revelou que estava com a doença no dia 1º de maio, em uma postagem nas redes sociais que já contabiliza 518 reações e 233 comentários. “Fui diagnosticada com câncer, palavra feia, ruim para pronunciar e horrível para assumir. No primeiro momento, foi assustador, parecia o fim. Mas, como sempre, meu marido, minha família e meus amigos mais próximos me sustentaram e me ajudaram a carregar a minha cruz”, escreveu.

Na publicação, Giuliana comentou que chorou muitas vezes e que se desesperou, mas que nunca ficou revoltada nem perdeu a fé. “Minha vida, em tão pouco tempo, sendo mudada, minha rotina, meus sonhos, meu corpo, enfim, tudo mudou, mas eu sempre confiante e nunca me abatendo. Pois eu sempre soube, sempre acreditei em mim, na minha cura, na minha vitória. Pois o Deus que eu sirvo é um Deus vivo. Um Deus de milagres”, afirmou. 

Duas das situações mais desafiadoras enfrentadas pela ponta-grossense foram a quimioterapia e a queda de cabelos decorrente do tratamento. “Me vi ali, sem escolha, decidida a enfrentar tudo que fosse preciso, pois eu sabia que cada gotinha era a cura. Confesso, ela é aterrorizante, dias de dores, enjoos, mal-estar, e pronto, passou, já estava boa e sem dores maiores, me alimentando bem e vivendo normalmente. Achei que o que estava por vir, a perda dos cabelos, me abalaria. E lá estava eu, mais uma vez, sendo mimada por Deus, tendo uma força que nem eu imaginava que tinha”, escreveu. 

Giuliana comentou que chorou quando viu os seus cabelos serem cortados pela raiz, mas, ao mesmo tempo, disse que sentia uma força e, “por incrível que pareça”, uma alegria por saber que aquele momento era mais um passo “em direção à tão esperada cura que eu já estou vivendo a cada dia”. “Me sinto leve, feliz, amada e com uma fé inabalável. Te digo, por maior que seja o seu problema, se você tiver fé e acreditar em Deus, Ele vai salvar você e sempre estará contigo”, concluiu. 

Infelizmente, o destino tinha outros planos para Giuliana. A ponta-grossense morreu na noite desta segunda-feira (13), em sua residência, na região da vila Estrela, em decorrência da doença. Além do marido, Alexandro, ela deixa a filha Maria Luiza, de quatro anos. O corpo de Giuliana será sepultado no cemitério Parque Jardim Paraíso, às 15h30 desta terça-feira.

Comoção 

Na postagem em que Alexandro divulgou a morte da esposa, que já contabiliza 410 reações e 390 comentários, familiares, amigos e conhecidos se despediram de Giuliana e enviaram mensagens de conforto ao marido.

“Só Deus para nos amparar em um momento como esse, Alex, e é a Ele a quem rogo que redobre a fé, a esperança e a força para você e toda a família. Ela [Giuliana] com certeza está intercedendo por todos vocês na presença de Deus”, escreveu uma amiga.

“Hoje o céu recebe mais uma estrela radiante. Está muito difícil de acreditar. Está doendo muito. Te amarei de janeiro a janeiro. Quantas lembranças boas... Nem pude me despedir de ti. Até um dia. Nos encontraremos de novo”, publicou uma familiar. 


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!