08/03/2021 às 07h58min - Atualizada em 08/03/2021 às 07h58min

Em oito dias de fiscalização, mais de 400 pessoas foram presas por descumprimento a decreto no Paraná

Apenas neste domingo (7), 58 pessoas foram encaminhadas e 14 adolescentes foram apreendidos

Da assessoria
Foto: Divulgação / AEN
Em oito dias de operação especial e estratégica promovida pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, 4.682 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados no Paraná, sendo que 199 deles foram interditados e 209 multados. As autuações são relativas ao descumprimento do Decreto 6.983/2021, publicado em 26 de fevereiro (sexta-feira) pelo Governo do Estado, com o objetivo de controlar a pandemia causada pelo novo coronavírus.

De acordo com o balanço da Secretaria da Segurança Pública do Paraná, divulgado neste domingo (07/03), foram 2.587 denúncias recebidas e 511 ocorrências constatadas pelos agentes de segurança. Houve 1.566 ações de dispersão de aglomerações de pessoas, 401 prisões de adultos e 84 apreensões de adolescentes no período. O relatório aponta ainda 18 armas de fogo e 126 equipamentos apreendidos, além de 159 veículos apreendidos/recuperados. 332 pessoas também foram multadas neste período. 

Para o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, parte da população tem seguido bem as regras. "Muito estão nos ajudando agora que precisamos frear o avanço da doença. No entanto, nossas forças policiais ainda precisam agir em lugares onde pessoas insistem em desobedecer às normas colocando dezenas de outras em risco", explica.

Das 7h de sábado (06) às 7h de domingo (07) foram fiscalizados 479 estabelecimentos e outros 21 foram interditados, mesmo com uma semana de vigência das novas medidas restritivas. Das 481 denúncias recebidas no período,  113 foram confirmadas. Nestas 24 horas, 58 pessoas foram encaminhadas e 14 adolescentes foram apreendidos. Também foram recuperados cinco carros e outros 28 apreendidos.

Notícias Relacionadas »