20/09/2021 às 15h30min - Atualizada em 20/09/2021 às 15h30min

Ponta Grossa inclui mais 839 famílias no programa 'Casa Fácil'

Famílias enquadradas no programa terão subsídios de até R$ 15 mil para a quitação do valor de entrada dos imóveis através do Governo do Paraná

Da assessoria
Foto: Divulgação
A prefeita Elizabeth Schmidt assinou, nesta segunda-feira (20), o convênio para a inclusão de 839 famílias do município no programa ‘Casa Fácil’, do Governo do Paraná, iniciativa que prevê o custeio de entradas, no valor de até R$ 15 mil, de imóveis financiados pelo Governo Federal. O investimento via recursos estaduais para Ponta Grossa é de aproximadamente R$ 13 milhões, o maior entre as cidades contempladas nesta etapa do programa.

A cerimônia de assinatura foi realizada em Curitiba e contou com a presença do  governador Ratinho Junior, do vice-governador Darci Piana, do secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, do deputado Hussein Bakri, do secretário de Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega, do chefe da Casa Civil, Guto Silva, do presidente da Cohapar, Jorge Lange, e representantes das construtoras Rottas e Prestes, responsáveis pela construção dos empreendimentos.

“Quase 900 famílias terão, graças ao programa 'Casa Fácil', a condição de obter financiamento para sua casa própria em Ponta Grossa. São centenas de sonhos se realizando, milhares de pessoas construindo memórias, lares, e abrigando seu futuro em nosso município”, destaca a prefeita Elizabeth.

Ainda sobre o programa, a prefeita ressalta a importância dos valores que serão destinados para moradias populares, bem como o volume de investimentos que vêm sendo realizados na área da habitação em Ponta Grossa. “Apenas nesta etapa do 'Casa Fácil', o Governo do Paraná está injetando cerca de R$ 13 milhões em moradia popular em nossa cidade. Outras moradias, além das 839 que contarão com o subsídio, também serão construídas nos empreendimentos integrados ao programa, perfazendo um total de 1.646 novas habitações e totalizando investimentos de mais de R$ 245 milhões na área da habitação no município. É como se uma nova pequena cidade estivesse nascendo no seio de Ponta Grossa. Somos muito gratos ao Governo do Paraná por mais esse aporte e pela confiança em nossa capacidade e nossa visão de futuro”, completa a prefeita Elizabeth.
 
Benefício

Podem pleitear o desconto de R$ 15 mil famílias com renda mensal de até três salários mínimos, que não possuam casa própria e não tenham sido beneficiadas por outros projetos habitacionais do Governo do Estado ou da União. As inscrições devem ser feitas no site http://www.cohapar.pr.gov.br/cadastro, onde os interessados vão preencher uma ficha com dados pessoais, financeiros e de composição familiar, além de escolherem o município de interesse.
A aprovação do subsídio dependerá de uma análise preliminar da Cohapar acerca do enquadramento dos candidatos. Também serão necessárias a aprovação de crédito do financiamento junto à Caixa Econômica e a negociação das condições de compra com a construtora responsável, conforme já acontece nos processos normais de aquisição de moradias do Casa Verde e Amarela.

Notícias Relacionadas »