23/09/2021 às 06h39min - Atualizada em 23/09/2021 às 06h39min

Comissão busca tarifa "mais acessível possível" para novo contrato de transporte em PG

Grupo apresentou à prefeita Elizabeth Schmidt e secretariado municipal um balanço dos trabalhos realizados até o momento

Da assessoria
Foto: Divulgação
Constituída em julho deste ano, a Comissão Especial de Estudos e Projetos de Transporte Coletivo tem trabalhado com o objetivo de avaliar e definir um novo modelo de contrato e serviço do transporte público coletivo em Ponta Grossa, visto que a concessão vigente encerra em 2023. Na tarde desta quarta-feira (22), a Comissão apresentou à prefeita Elizabeth Schmidt e secretariado municipal um balanço dos trabalhos realizados até o momento. 

“Apresentamos os trabalhos desenvolvidos até agora, o resultado das visitas que realizamos em outros municípios para conhecer novas metodologias, novas formas e sistemas de transporte, bem como relatamos as reuniões com entidades que possuem expertise na modelação de sistemas de transporte coletivo e as propostas recebidas pela Prefeitura por estas entidades para desenvolver essa modelagem de contratação. A Comissão tem buscado novas tecnologias para um transporte coletivo mais eficiente, transparente, com modernidade e, acima de tudo, conforto para o usuário e a tarifa mais acessível possível”, explica o procurador e presidente da Comissão, Márcio Rezende.

De acordo com a prefeita Elizabeth, a proposta é que esse novo modelo seja elaborado em diálogo com a população, sociedade civil organizada e entidades. “Na sequência, a Comissão irá apresentar o balanço desse trabalho aos vereadores e iniciar a discussão com outras entidades representativas, como associações e organizações, além de propor audiências e consultas públicas para debater com a população. Queremos aplicar em Ponta Grossa as soluções mais inovadoras que existem no segmento do transporte, desde que sejam viáveis à nossa realidade”, aponta a prefeita. 

Participaram da reunião com a prefeita Elizabeth os membros da Comissão Especial de Estudos e Projetos de Transporte Coletivo, o procurador geral do Município, Gustavo da Matta; a controladora geral, Dara Maior; o presidente da AMTT, Romualdo Camargo, e os secretários municipais de Fazenda, Cláudio Grokoviski; e Infraestrutura e Planejamento, Celso Sant’Ana. 





 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!