23/09/2021 às 11h14min - Atualizada em 23/09/2021 às 11h14min

Ministério Público do Paraná e UEPG firmam termo de cooperação na área ambiental

Parceria também possibilitará o desenvolvimento de ações relacionadas a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico e na área de habitação e urbanismo

Da assessoria
Foto: Divulgação
O Ministério Público do Paraná e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) firmaram nesta quarta-feira, 22 de setembro, termo de cooperação para desenvolvimento colaborativo de ações, estudos e projetos sobre meio ambiente. A parceria busca fornecer apoio ao núcleo de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (Gaema) e demais unidades do MPPR voltadas à proteção ambiental.

Além da área ambiental, a parceria possibilitará o desenvolvimento de ações relacionadas a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico e na área de habitação e urbanismo. A UEPG fornecerá suporte técnico-científico aos projetos do Gaema, com recursos humanos, materiais e tecnológicos.

“A Universidade é uma fonte de conhecimento, e sem esse conhecimento nada seríamos, é o lugar onde experimentamos o choque de valores, onde nossas certezas são questionadas, onde formulamos novas perguntas e novos desafios”, afirmou o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacioa, que participou virtualmente do evento de assinatura do termo. “Em um país tão carente socialmente, temos que otimizar as estruturas públicas, já que a sociedade é quem financia nossas instituições”, ressaltou ainda Giacoia.

O promotor de Justiça Fábio Carvalho Grade, da 11ª Promotoria de Justiça de Ponta Grossa, conta que a parceria entre as instituições começou a tomar forma ainda no ano passado. “Tivemos algumas reuniões com a UEPG e identificamos essa confluência de demandas e interesses institucionais, que poderiam ser ajustadas de forma que se complementassem”. O promotor explica que a equipe técnica do Gaema recebe demandas de trabalhos mais complexos que necessitam de soluções rápidas. “Levantamos dados da sociedade civil e instituições públicas e privadas para a possibilidade de cooperação. A UEPG foi extremamente colaborativa e alinhamos isso rapidamente”, comentou.

“Para a UEPG, é uma honra muito grande participar desse termo de cooperação técnica”, agradeceu o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto. “Sabemos da importância das Universidades Públicas Estaduais para o desenvolvimento regional. Estamos aqui cumprindo nosso papel de apoio às instituições, ao MP e ao Gaema”, salientou. O reitor agradeceu pela confiança do Ministério Público e colocou a Universidade à disposição para o desenvolvimento de atividades.

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!