28/09/2021 às 09h36min - Atualizada em 28/09/2021 às 09h36min

Livro recupera história das bandas de música de PG

Além de publicar o livro, autor conduzirá episódios de um podcast que tratará da história das tradicionais bandas da cidade

Da assessoria
Foto: Divulgação
A tradição e a história das bandas de música de Ponta Grossa são tema do livro “Bandas de música - patrimônio cultural de Ponta Grossa” do historiador e escritor membro da Academia de Letras dos Campos Gerais, Fábio Mauricio Holzamnn Maia. A obra será lançada no dia 1º de outubro, às 19h30, no Conservatório de Música Maestro Paulino, pela editora ABC Projetos. 

A pesquisa teve início com a dissertação de mestrado em Ensino de História pela UEPG do autor. O historiador identificou fontes que trazem rica contribuição para discussão das bandas de música enquanto patrimônio cultural do município. A publicação só foi possível pelo apoio do Programa Municipal de Incentivo Fiscal à Cultura (PROMIFIC) e pelo patrocínio das Lojas MM Mercadomóveis e da ACIPG.

O papel que as bandas tiveram e ainda têm na cidade possui uma relação direta com a identidade cultural do município. “As bandas de música se caracterizam como um patrimônio pela relação que estabeleceram com a cidade  e a tradição constituída ao longo de 100 anos nos mais diversos eventos e momentos históricos da sociedade”, comenta Fábio Mauricio Holzamnn Maia.

O historiador conta que sua trajetória na cultura iniciou-se com a música, já vindo de uma tradição familiar. Seu bisavó foi Jacob Holzmann, regente por muito tempo da extinta banda Lyra dos Campos. Seu avô, o maestro Álvaro Holzmann, também deixou um legado de inúmeras composições. 

Fábio Holzmann Maia também iniciou desde pequeno na música, participando da nova geração da Banda Lyra dos Campos. Seus brinquedos na infância foram instrumentos musicais que permaneciam no porão da casa e mais tarde foram doados ao acervo do Museu Campos Gerais. Na juventude, foi músico militar do Exército e, mais tarde, tocou na Orquestra.

A obra de Maia  discute a presença das bandas de música desde o período colonial, retratando como ganharam força no Segundo Reinado e, de modo especial, nos primeiros anos da República. Ponta Grossa registrou essa influência  a partir das últimas décadas do século XIX com o aparecimento de bandas civis, que alteraram definitivamente a relação entre a cidade e a música. O surgimento das bandas militares também influenciou decisivamente o cenário musical. 

Além da obra, o autor apresentará junto com uma jornalista um podcast de 5 episódios contando a história local pelo viés da cultura e do patrimônio. Serão convidados como entrevistados nos podcasts profissionais ou estudiosos da música, maestros ou pessoas que exerceram ou ainda exercem protagonismo no cenário musical de Ponta Grossa.


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!