29/09/2021 às 14h51min - Atualizada em 29/09/2021 às 14h51min

Perda de atletas afetou desempenho do Operário, diz Matheus Costa em nota; leia

Demitido nesta quarta-feira (29), técnico publicou nota nas redes sociais fazendo um balanço de sua passagem pelo clube

Da redação
Foto: Divulgação
O técnico Matheus Costa publicou uma nota em suas redes sociais, no início da tarde desta quarta-feira (29), comentando a sua demissão do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), ocorrida na manhã de hoje por decisão da diretoria do Grupo Gestor.

No comunicado, o treinador faz um balanço de sua passagem pelo Fantasma e afirma que, entre as principais causas para o mau desempenho do clube nos últimos sete jogos, está a perda de atletas, seja por contusão ou por saídas para outros clubes. 

Estopim

A derrota do OFEC para o Vila Nova por 2 x 1, nesta terça-feira (28), em Goiânia (GO), foi o estopim para a demissão do técnico. O Fantasma, que na virada de turno sonhava com o acesso à Série A, agora liga o alerta para se afastar da zona de rebaixamento para a Série C.

Na derrota para o Confiança, no último sábado (25), os torcedores já demonstraram insatisfação com o treinador. No entanto, após a derrota de ontem – em que o clube somou sete jogos sem vencer na Série B –, campanhas para a demissão de Costa ganharam força nas redes sociais, fazendo com que a permanência do técnico ficasse cada vez mais incerta. 

Nesta manhã, o Grupo Gestor comunicou o afastamento do treinador. Costa assumiu o comando do Alvinegro no dia 21 de outubro do ano passado, durante a 17ª rodada do primeiro turno da Série B. O Grupo Gestor deve anunciar o novo técnico nos próximos dias.

Confira na íntegra a nota divulgada pelo treinador: 

Há uma semana eu estava comemorando o fato de ser o técnico mais longevo da Série B com quase um ano de permanência no Operário. Hoje, por uma decisão do clube, me despeço depois de uma derrota em que jogamos bem, mas não suportamos a pressão com um jogador a menos.

Mesmo disputando a Série B mais difícil de todos os tempos, criamos a expectativa do acesso fazendo um bom primeiro turno. Mas não conseguimos manter o mesmo ritmo, principalmente após a perda de atletas, seja por contusão ou por saídas para outros clubes, inclusive atleta que hoje é um grande destaque na Série A.

Agradeço a diretoria do Operário pela oportunidade de realizar mais um grande trabalho na minha carreira. Fomos a segunda melhor campanha do segundo turno da Série B em 2020 e conseguimos um feito histórico ao vencer os três clubes da capital e ter a melhor campanha na fase de classificação do Campeonato Paranaense.

Meu muito obrigado aos jogadores pelo empenho e dedicação, e à torcida e à cidade de Ponta Grossa pelo respeito e carinho com que sempre fui tratado.

Desejo toda sorte ao Operário para que chegue ao tão sonhado acesso à Série A do Brasileirão, sabendo que para isso é necessário consolidação do clube na Série B com muito trabalho e paciência.

Notícias Relacionadas »