09/03/2021 às 17h06min - Atualizada em 09/03/2021 às 17h06min

Prefeitura de PG adia retorno das aulas presenciais no município

Na decisão, foi levada em conta a necessidade de aliviar a pressão sobre o sistema de saúde

Da assessoria
Foto: Divulgação / PMPG
Seguindo as determinações e orientações dos órgãos responsáveis pelo controle da pandemia de COVID-19, considerando o decreto do Governo do Estado do Paraná e também a avaliação do Comitê de Enfrentamento à COVID-19 do município, a Prefeitura de Ponta Grossa decidiu adiar o novo retorno às aulas presenciais para a sua rede. A previsão para o retorno das escolas municipais, CMEIs e Centros de Educação Infantil conveniados com a Prefeitura é para o dia 5 de abril.

Na decisão, anunciada pelo Comitê, há necessidade de aliviar a pressão sobre o sistema de saúde, em um momento em que pode haver mudanças no comportamento da pandemia – com a nova variante do Coronavírus causador da Covid-19.

Conforme informou o secretário de Saúde, Rodrigo Manjabosco, a evolução da nova variante do vírus (P1) pode afetar mais as crianças, o que enseja maior cautela. "Ela passa a favorecer a necessidade de internamento de crianças até 10 anos, o que não era comum anteriormente", alerta.

Segundo a prefeita Elizabeth Schmidt, as novas informações baseiam a tomada de decisão. "Nossa intenção é voltar com segurança e qualquer ação deve ser muito ponderada, com serenidade, dia após dia. Por isso, analisamos os números atuais da pandemia e o cenário, que está em constante modificação. Por este motivo nossa decisão é manter as aulas remotas neste momento", anunciou a prefeita.

A secretária de Educação, Professora Simone Pereira Neves, ressalta que as decisões sobre retorno das aulas presenciais são sempre tomadas em conjunto. "Nossa rede conhece todos os procedimentos necessários para um retorno seguro. Porém, cada movimento deve ser calculado a cada dia, observando a evolução da pandemia e, principalmente, os dados. Em nosso primeiro retorno, em fevereiro, demonstramos que é possível trabalhar e estudar com segurança em nossas escolas e estaremos prontos para quando isso for possível novamente", afirma a secretária.

Aulas seguem remotas

Ao longo do mês de março, o trabalho nas escolas e CMEIs seguirá o modelo remoto, com aulas transmitidas pela TV Educativa (canal 58.1) e no canal da SME no YouTube. Os pais ou responsáveis pelos alunos devem seguir as orientações das equipes gestoras das escolas ou CMEIs, retirar e entregar as atividades para realização das crianças em casa. Enquanto isso, os professores permanecerão em contato com os alunos para acompanhamento do aprendizado.

Notícias Relacionadas »