13/10/2021 às 18h54min - Atualizada em 13/10/2021 às 18h54min

No Dia das Crianças, Humai-UEPG prepara programação especial a pacientes

Bruxas, piratas e abelhinhas circularam desde cedinho levando mais que alegria para os quartos dos pacientes

Da assessoria
Foto: Divulgação
O sorriso tomou conta do rosto do  pequeno Guilherme Woruby, de 4 anos, quando uma fada lhe entregou um pacote de presente colorido. Ele não estava numa festa, mas recebendo alta do Hospital Universitário Materno-Infantil (Humai) no Dia da Criança, 12 de Outubro. A surpresa para Guilherme, e para todas as crianças internadas no Humai da Universidade Estadual de Ponta Grossa, integrou a programação comemorativa organizada pela equipe multiprofissional, com cardápio especial, entrega de brinquedos, sessão de vídeo e recreação.

Pelos corredores, e postos de enfermagem, bruxas, piratas e abelhinhas circularam desde cedinho levando mais que alegria para os quartos dos pacientes. Levavam um carrinho de alimentação todo decorado com brinquedos e, claro, recheado com pizzas sorridentes, pães em formato de porquinho e sucos coloridos, tudo balanceado e planejado pela equipe coordenada por Wagner Kloster Antunes, responsável pelo setor de Nutrição do Hospital. Kloster detalha que tudo foi preparado com muito carinho e com atenção especial ao perfil alimentar de cada criança, porque algumas têm intolerância à lactose, diabetes e alergias. “A ideia é ofertar um alimento divertido e, ao mesmo tempo, nutritivo”. Sorridente, ele mostra no celular uma foto: “à noite, teremos sopa com esse macarrãozinho de personagens da Disney”.

Alegria e movimento

A assistente social Nicolly Gasparello explica que o objetivo foi proporcionar, mesmo que pequeno, um momento de acolhimento, lazer e diversão. “A hospitalização acaba  sendo muito difícil para a criança, não só para ela, mas para o acompanhante também. Então, a nossa intenção é proporcionar um dia feliz para eles”.

Na brinquedoteca, bailarinas, palhacinhas e fadas agitadas prepararam as mesas e cadeiras, com carinho e, principalmente, com todos os cuidados de biossegurança para prevenção ao coronavírus. Higienizaram com álcool a 70% as superfícies, posicionaram os móveis a 1,5m de distância e colocaram um vídeo divertido para as crianças, que assistiram com atenção e em companhia das mães. Mas, antes da sessão, teve a hora do presente! Eles receberam pacotes caprichosamente embalados. Lucas, de 8 anos, não teve dúvida: abriu o pacote,  pegou a bola e ensaiou chutes no parquinho da área externa. O momento de alegria veio depois dias de recuperação após uma cirurgia.

O profissional de Educação Física Edher Lucas Antunes, residente em Reabilitação no Humai, organizou a inclusão de atividades lúdicas, de acordo com a faixa etária e condição da criança. “O ambiente hospitalar por si só não é favorável à atividade física, mas quando o movimento integra um dia especial como este, melhora o ânimo e o bem-estar da criança”.

Fabiana Woruby estava emocionada e tão sorridente quanto o filho Guilherme. “Depois de três dias de internamento, é muito gratificante ver o cuidado e o carinho que o Hospital tem com as crianças”. Fabiana conclui sorridente: “o melhor presente foi poder levar o filho embora no Dia da Criança, com esta festa toda. Ele queria muito ir para casa hoje. Foi um momento especial”.


Notícias Relacionadas »