19/10/2021 às 12h14min - Atualizada em 19/10/2021 às 12h14min

Prefeitura de PG cobra providências da Sanepar sobre qualidade da água

"É inadmissível que a população receba uma água fora dos padrões mínimos de qualidade", afirma a prefeita Elizabeth Schmidt

Da assessoria
Foto: Reprodução
Após os relatos de moradores sobre a presença de pequenos organismos na água distribuída pela rede de abastecimento em Ponta Grossa, a prefeita Elizabeth Schmidt cobra providências da concessionária Sanepar sobre a qualidade da água. A empresa foi notificada pelo município para prestar esclarecimentos com urgência sobre a situação e adotar todas as medidas necessárias para que a água atenda aos padrões de potabilidade exigidos pelo Ministério da Saúde. 

"É inadmissível que a população receba em casa uma água fora dos padrões mínimos de qualidade. Notificamos a concessionária, exigindo que tome imediatamente as medidas para a resolução desse problema. A Secretaria de Meio Ambiente está acompanhando de perto essas ações e esteve no último sábado na represa Alagados, juntamente com IAT, Sanepar e Copel, verificando as investigações sobre a origem dessa situação. Esperamos o resultado dessa análise e a solução do problema o mais rápido possível", ressalta a prefeita.

Caso algum morador identifique alteração de sabor, consistência ou na coloração da água, a orientação é informar imediatamente os órgãos responsáveis. Pode ser através do Prefeitura 156 ou diretamente com a Sanepar pelo 0800 200 0115.

Notícias Relacionadas »