26/10/2021 às 06h14min - Atualizada em 26/10/2021 às 06h14min

PM acaba com grandes aglomerações em bares próximos a faculdade de PG

Ao todo, dois estabelecimentos foram multados e duas pessoas foram conduzidas ao cartório da Polícia Militar

Da redação
Foto: Reprodução
A Polícia Militar (PM) registrou duas ocorrências de aglomeração e infração de medida sanitária de combate à COVID-19 na noite desta segunda-feira (25), em Ponta Grossa, durante um espaço de apenas uma hora. Ao todo, dois estabelecimentos foram multados e duas pessoas foram conduzidas ao cartório da PM para registro de contravenção penal. 

O primeiro caso ocorreu na rua Desembargador Westphalen, na região do bairro de Oficinas, por volta das 21h40. Segundo a PM, foi registrada uma grande aglomeração de pessoas, acima do permitido pelos decretos municipais 19.439 e 19.535 de combate à COVID-19, em um bar localizado em frente a uma instituição de ensino superior. 

Conforme a PM, havia no local uma grande quantidade de clientes ingerindo bebidas alcoólicas, todos sem máscara, sem respeitar o distanciamento social e impedindo o tráfego de automóveis pela rua. Informações extraoficiais dão conta de que a aglomeração ultrapassaria o número de 200 pessoas. 

Segundo a corporação, fiscais da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa compareceram ao local e multaram o estabelecimento, enquanto o proprietário, de 32 anos, foi conduzido ao cartório da PM para registro de contravenção penal. 

Uma hora depois, por volta das 22h40, a PM atendeu uma segunda ocorrência de infração de medida sanitária na rua Marechal Mallet, também na região do bairro de Oficinas. De acordo com a PM, um grande número de pessoas se aglomerou em um bar localizado próximo à mesma faculdade.

Conforme a corporação, a quantidade de clientes no local era tão grande, que se estendia do interior do bar para a rua, perturbando o sossego dos moradores da localidade. Além disso, assim como no primeiro caso, todas as pessoas estavam sem máscara e desrespeitando o distanciamento social. 

Diante dos fatos, um homem de 23 anos, responsável pelo local, foi encaminhado ao cartório da PM para registro de contravenção penal. Além disso, o estabelecimento também foi multado pelos fiscais da Prefeitura Municipal por descumprimento aos decretos de combate à COVID-19.

Notícias Relacionadas »