26/10/2021 às 08h15min - Atualizada em 26/10/2021 às 08h15min

Alunos de PG vencem concurso estadual de desenho e redação

Vencedores serão contemplados com uma bolsa personalizada contendo um notebook, materiais escolares e certificado de premiação

Da assessoria
Foto: Divulgação
Dois estudantes da rede municipal de ensino de Ponta Grossa fizeram os melhores trabalhos do Paraná dentro das categorias desenho e redação, em concurso realizado pelo Programa de Educação Ambiental Campo Limpo 2021 (PEA). Eles serão contemplados com uma bolsa personalizada contendo um notebook, materiais escolares e certificado de premiação.

O programa é realizado pela Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuários dos Campos Gerais (ASSOCAMPOS), através do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV). As atividades foram desenvolvidas em 13 escolas de Ponta Grossa, oferecendo conteúdos e atividades relacionadas ao Meio Ambiente e economia circular, que contempla os conceitos de reciclagem e reaproveitamento de materiais.

O aluno Gabriel Czenoski, da Escola Municipal Prof Paulo Grott, venceu com seu desenho sobre inclusão e diversidade. “Eu aprendi que é importante cuidar do meio ambiente. Me senti surpreso quando ganhei porque não estava esperando”, conta ele. Professora de Gabriel, Gisele Ferraz considerou a experiência rica e divertida. “O desenho do Gabriel ficou muito legal, pois envolveu a diversidade e a inclusão”, comemora.

Já a estudante Camila Moloyama, da Escola Municipal Professora Judith Macedo Silveira, venceu na categoria redação, a qual escreveu sobre o futuro do planeta, e disse que ficou muito apreensiva com o resultado. “Fiquei muito tempo pensando no que escrever, pois queria explicar o que estava acontecendo no país e queria fazer um bom trabalho”, afirma a estudante.

A professora de Camila, Carla Christina Justos Guarniere, conta que o projeto agregou em todas as disciplinas. “É um projeto muito completo, pois ajuda a desenvolver nos alunos uma noção de futuro, ensinando a cuidar do planeta e como fazer isso de maneira correta”, disse a docente.

A coordenadora do projeto em Ponta Grossa, Aparecida Castanho, disse que o material disponibilizado para trabalhar com os alunos foi essencial. “Apesar de estarmos em uma pandemia, com todas as dificuldades, o trabalho foi muito relevante, visto a qualidade dos trabalhos feitos”, enfatiza.

Notícias Relacionadas »