11/03/2021 às 10h00min - Atualizada em 11/03/2021 às 10h00min

Não há crianças positivadas para COVID-19 no Hospital Materno Infantil, informa UEPG

Das quatro crianças em isolamento, duas testaram negativo e outras duas aguardam testagem

Da assessoria
Divulgação / UEPG
A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), por meio de seu Hospital Universitário Materno Infantil, informa que não há paciente positivado para COVID-19 internado na instituição. 
 
Considerando que o Humai não é hospital pediátrico de referência no combate à COVID-19, quando uma criança chega com suspeita de contaminação por Coronavírus é mantida, caso necessite internamento, somente até o momento da confirmação dos exames. Caso não precise de internação, vai para casa. A partir da confirmação do teste, o caso vai para a Central de Leitos para que o paciente seja encaminhado para um hospital de referência COVID-19.
 
Nesta quinta-feira (11), nos 12 leitos disponíveis na clínica pediátrica, há sete crianças internadas, quatro delas em isolamento. Destas, duas estão com testes PCR negativos e aguardam janela para teste rápido. As outras duas crianças ainda estão no aguardo do resultado da coleta realizada. Assim, considerando esses internamentos, não há casos de pacientes positivados na clínica pediátrica, Unidade de Terapia intensiva (UTI) ou outras alas.
 
Para maior segurança de todos os que procuraram o Humai, a UEPG e a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa estão em processo de mudança de todo o fluxo no referido hospital, com previsão de transferência do Pronto Atendimento Infantil para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santana. Na próxima segunda-feira (15), também terá transferência, provisoriamente, dos ambulatórios de gestante de alto risco e de especialidades pediátricas para o térreo da nova ala do HU, em Uvaranas.
 
Leitos


A instituição dispõe de 12 leitos na clínica médica pediátrica, 15 na clínica cirúrgica pediátrica, 30 na maternidade, 04 no berçário, 06 na UTI neonatal, 03 em UTI pediátrica e 02 em UCI (Unidade de Cuidado Intensivo), totalizando 72 leitos.

Notícias Relacionadas »