16/11/2021 às 09h50min - Atualizada em 16/11/2021 às 09h50min

Decálogo do gestor público, por Miguel Sanches Neto

Os dez mandamentos do gestor público, segundo Miguel Sanches Neto, escritor, professor e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa

Por Miguel Sanches Neto
Foto: Divulgação
1.
No exercício do cargo você é a instituição e não uma personalidade à frente da instituição.


2.
Você não pode “achar” isso ou aquilo, e sim assumir as condutas mais protetivas para a instituição.


3.
Deve sempre evitar polêmicas, que personalizam erroneamente qualquer decisão.


4.
Você precisa manter as portas da instituição abertas a todos os campos políticos legítimos, mesmo àqueles que negam você.


5.
Prezar antes de tudo pela urbanidade na hora de divergir.


6.
Considerar, antes de radicalizar qualquer questão, o efeito que uma manifestação sua produzirá no coletivo e não apenas em você.


7.
Estar pronto para a traição sem nunca deixar de manifestar fidelidade aos que estão com você.


8.
Passar indiferente à difamação, pois a indignação é uma armadilha do ego.


9.
Não regurgitar na hora em que Judas beijar seu rosto, que deverá manter-se impassível como a face de uma estátua.


10.
Continuar acreditando no lado (mesmo que mínimo) bom de todo ser humano.


MIGUEL SANCHES NETO é escritor e reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa 

Notícias Relacionadas »