19/11/2021 às 11h14min - Atualizada em 19/11/2021 às 11h14min

Músicos reconhecidos de PG apresentam clássicos do rock, metal e pop neste sábado (20)

Repertório vai de Led Zeppelin a Michael Jackson, passando por Guns N' Roses, Queen e Scorpions, entre outros ícones da música

Da redação
Foto: Divulgação
Ex-integrantes da influente banda de heavy-metal Shadow Mask e outros músicos, também reconhecidos na cena musical de Ponta Grossa e região, se uniram para formar o projeto Billy Gin e levar ao público clássicos do rock, do metal e até do pop. O primeiro show pós-pandemia do grupo acontece neste sábado (20), a partir das 21h, no Capivara’s Rock Bar (rua Barão do Cerro Azul, 1068, Centro).

O repertório contará, entre outros, com sucessos de bandas como Deep Purple, Queen, AC / DC, Led Zeppelin, Van Halen, Journey, Guns N’ Roses, Ozzy Osbourne, Dio, Scorpions, Bruce Dickinson, Viper, Angra, Savatage, Metallica e Megadeth. Os músicos também apresentarão ‘hits’ de Michael Jackson e Madonna vertidos para o metal.

“Já fizemos esse projeto antes e tocamos para mais de 2 mil pessoas, mas tivemos que adiar novos shows por causa da pandemia. Temos outras datas marcadas, principalmente para 2022, e, com a situação da COVID-19 melhorando, muitas outras pessoas poderão conferir a nossa paixão pela boa música”, explica o guitarrista Nhanha Anhaia.

Além de Anhaia, que já participou de bandas seminais da cena local e regional, como Shadow Mask, Execrate e Beltane, e que atualmente comanda as seis cordas na Don Bellucci, o Billy Gin conta com Daniel Hakryluk (Shadow Mask) no baixo; Marino Dias (Shadow Mask, Unborn Times, Coiotes D. E.) nos vocais; Carlos Oliszeski (Shadow Mask) nos teclados; e Marcelo Ferrasa (Beltane, Illusion, Rush Cover) na bateria.

“É um grande prazer poder tocar com esse time novamente. Conheço esses caras desde os anos 90, e tocar os sons das bandas que influenciaram a nossa formação musical é animal. Cada um já tem o seu projeto de músicas autorais. A nossa ideia é produzir um disco novo e, enquanto isso não acontece, vamos nos reunindo nos shows”, afirma o guitarrista. 

Notícias Relacionadas »