24/11/2021 às 15h51min - Atualizada em 24/11/2021 às 15h51min

Veterano da cena roqueira de PG, músico morre de COVID-19

Formado no fim dos anos 90, grupo idealizado pelo artista chegou a abrir show da icônica banda Sepultura

Da redação
Foto: Reprodução
O músico ponta-grossense Elton Machado, guitarrista da banda de death / thrash-metal Land of Souls, morreu na madrugada desta quarta-feira (24), aos 40 anos de idade, em decorrência da COVID-19. Machado estava internado no Hospital Universitário da Universidade Estadual de Ponta Grossa (HU-UEPG), onde passou 18 dias intubado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Filho de Luiz Machado e Ione Aparecida Machado, o artista deixa a esposa, Nicoly Suzan dos Santos, e o filho Wesley Henrique Machado. Morador da rua Francisco Beltrão, na região do bairro Chapada, Machado está sendo velado na Capela do Luto Santana e será sepultado no cemitério São Sebastião (quadra um, túmulo 2299). 

Junto ao irmão Elcio, Machado idealizou a banda Land of Souls em 1998. Em 2006, o grupo lançou o primeiro EP (espécie de “miniálbum”, geralmente com quatro faixas), intitulado Land of Souls. O trabalho foi bem recebido pelo público e por produtores de shows. Graças ao reconhecimento, a banda se apresentou em diversos festivais, chegando a abrir para o icônico grupo Sepultura em 2007. 

A morte do músico despertou uma onda de comoção entre artistas, fãs e amigos. “O Elton sempre foi um cara querido por todo mundo na cena do rock e fora dela também. Um cara alto-astral, sempre disposto a ajudar. Sem falar no que ele representou para a cena do heavy-metal na cidade. É uma notícia muito triste”, comenta o guitarrista Nhanha Anhaia. 

Confira o clipe de “On the arms of death”, do Land of Souls (se preferir, vire o celular na horizontal para uma melhor visualização): 



Notícias Relacionadas »