26/11/2021 às 12h52min - Atualizada em 26/11/2021 às 12h52min

Aulão Paraná aproxima alunos de escola pública da UEPG

Iniciativa reuniu cerca de 250 alunos do Ensino Médio das escolas públicas para conhecer os cursos ofertados e o Vestibular da universidade

Da assessoria
Foto: Divulgação
Esta quinta-feira (25) foi dia de movimentar o Campus Central da Universidade Estadual de Ponta Grossa. O Aulão Paraná, organizado pelo Núcleo Regional de Educação (NRE) de Ponta Grossa e Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR), em parceria com a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), reuniu cerca de 250 alunos do Ensino Médio das escolas públicas para conhecer os cursos ofertados e o Vestibular da Universidade.

O professor Miguel Sanches Neto, reitor da UEPG, reforça a importância do ingresso de alunos de escola pública na Universidade. “Nós somos uma universidade pública, que é cotista, com 50% das suas vagas destinadas à escola pública. Portanto, iniciativas desta natureza, que estimulam um maior número de alunos das escolas públicas a ingressarem na Universidade fazem parte da própria filosofia da nossa instituição, que é de ter a maior amplitude possível no ingresso”, destaca.

Com a aproximação das redes públicas de ensino, é possível atingir melhor o público, segundo a chefe do Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa, Luciana Aquiles Sleutjes. “Nossos estudantes estão retornando depois de um processo pandêmico longe das escolas e precisam ter essa ligação”, conta. “Este projeto Aulão Paraná é justamente para fortalecer e incentivar os nossos jovens a dar continuidade no estudo. Estudar é preciso, continuar o estudo é necessário, as nossas Universidades Públicas são excelentes e os alunos precisam fazer parte delas também”.

De forma leve e descontraída, os professores da rede pública e da UEPG se revezaram para levar informações e reforçar o conhecimento dos alunos sobre os cursos da UEPG, sobre o Vestibular e sobre as disciplinas da matriz curricular. “Estamos abrindo com a Educação Física; acalmamos um pouquinho com a Redação; depois vem a UEPG da Física, trazendo a gamificação; e fechamos com a Física da escola”, conta a professora Sandra Mara Dias Pedroso, do NRE, que atuou na organização do evento. “A mobilização aconteceu de diversas formas, sensibilizando e mostrando aos nossos alunos a importância de ascender ao ensino superior, e ao mesmo tempo entender o que é ensino superior e conhecer a nossa UEPG. Por isso nós criamos o Aulão Paraná”.

“A participação da UEPG no Aulão Paraná contribui para que os participantes possam conhecer um pouco mais sobre a Universidade, incentivando-os a participar dos nossos Vestibulares, para que, futuramente, sejam nossos novos acadêmicos”, reforça o coordenador de Processos de Seleção da UEPG, Edson Luis Marchinski.

O evento começou com a fala das autoridades: o reitor da UEPG, Miguel Sanches Neto; a chefe do NRE Ponta Grossa, Luciana Sleutjes; o representante da Secretaria de Estado da Educação e Esporte, Marlon de Campos Mateus; o coordenador de processos de seleção da UEPG, Edson Luiz Marchinski; e o diretor do Colégio Agrícola, Alcebíades Baretta. A animação fez parte do evento, com muita música e descontração. Mas também houve emoção: a maioria das autoridades presentes estudaram em escolas públicas. Nas falas, cada um abordou sua história e falou sobre como acreditam que a Universidade Pública é, sim, para todos.

Depois da apresentação das autoridades presentes, o professor Moacir Avila de Matos Junior, coordenador da Licenciatura em Educação Física da UEPG e professor do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (Ceebja), foi o primeiro a falar, sobre como melhorar as chances de passar no Vestibular. Começou com uma “meditação para acalmar o coração”, exercícios de respiração e alongamento, para ajudar na preparação emocional para o Vestibular. Durante a manhã, também falaram os professores Jaqueline Aparecida dos Santos Dutra (Redação – Colégio Civico Militar José Elias da Rocha e Jesus Divino Operário), André Vitor (Departamento de Física da UEPG), e Wyllyan Valentim Leal (Zilda Arns Neumann, Colégio Estadual do Campo), com a apresentação descontraída dos professores Gláucea Zanoni Varela e Saulo Rosa.

Essa é a terceira edição do Aulão Paraná, em 2021. O projeto já aconteceu em Maringá e em Londrina, no último mês, e deve também acontecer em Guarapuava, em dezembro.

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!