26/11/2021 às 17h03min - Atualizada em 26/11/2021 às 17h03min

Presidente da Mancha Verde PG morre no Rio Grande do Sul

Subsede local da torcida emitiu nota oficial sobre o falecimento do líder

Da redação
Foto: Reprodução
O presidente da subsede Ponta Grossa da torcida organizada Mancha Verde, Márcio Lima dos Santos, mais conhecido como Marcinho, morreu na madrugada desta sexta-feira (26), na cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Segundo informações extraoficiais, Marcinho foi eletrocutado junto a poste de energia elétrica.

Conforme 
o portal gaúcho 'GZH', moradores relataram que houve um estouro e, na sequência, uma queda de luz. Quando a energia voltou, o corpo foi visto eletrocutado, pendurado no topo do poste. A suspeita, segundo as autoridades, é de que Marcinho tenha subido no telhado de um restaurante e depois escalado o poste até o topo.

O líder da torcida palmeirense estava a caminho do Uruguai, onde acompanharia a partida entre Palmeiras e Flamengo, que ocorrerá em Montevidéu neste sábado (27). O corpo de Marcinho foi recolhido pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). A Polícia Civil do Rio Grande do Sul (PCRS) deve abrir inquérito para investigar as causas da morte. 

No início desta tarde, a subsede Ponta Grossa da Mancha Verde emitiu uma nota oficial sobre o falecimento de Marcinho através das redes sociais.

“A Mancha Verde Ponta Grossa infelizmente vem, por meio desta, informar o falecimento da nossa liderança Marcinho. Em breve divulgaremos mais informações. Valeu por você existir, amigo. Te amo para sempre, meu irmão”, escreveu a torcida. 

Notícias Relacionadas »