15/03/2021 às 08h36min - Atualizada em 15/03/2021 às 08h36min

Jaguariaíva suspende retorno de aulas presenciais na rede municipal

Decreto assinado pela prefeita Alcione Lemos recomenda que as instituições particulares também adotem o sistema remoto

Da assessoria
Divulgação / Prefeitura Municipal de Jaguariaíva
A prefeitura de Jaguariaíva anunciou, na última sexta-feira (12), a suspensão das aulas presenciais na rede pública municipal. A decisão foi tomada em consonância com o Governo do Paraná, que optou pelo adiamento das atividades em modelo híbrido por conta do atual cenário da pandemia.

O decreto nº 270/2021, assinado pela prefeita Alcione Lemos, determina a continuidade do ensino remoto e recomenda que as instituições particulares também adotem o sistema. O documento ainda afirma que qualquer alteração referente ao modelo de ensino será feita a partir de análises do cenário epidemiológico no âmbito estadual e municipal.

Jaguariaíva havia autorizado a retomada do ensino em modelo híbrido a partir desta segunda-feira (15) por meio do decreto nº 266/2021, que entrou em vigor no dia 8 de março. O documento também estabeleceu medidas e restrições que serão adotadas pelo município até a próxima quarta-feira (17).

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SMECEL), publicou o “Protocolo de Biossegurança de Rede Municipal de Ensino Para o Retorno das Aulas Presenciais”. O protocolo atende aos dispositivos legais do Governo do Estado e do Ministério da Educação (MEC), em conjunto com o documento elaborado pelo Departamento de Vigilância em Saúde (VISA) do município.

O Protocolo de Biossegurança apresenta orientações a respeito da organização das salas de aula, controle de temperatura e constante verificação de possíveis sintomas, tanto da equipe de trabalho (professores, serviços gerais, merendeiras, coordenação, direção) quanto dos alunos.

O documento prevê, em caso de retorno presencial, a obrigatoriedade do uso da máscara de proteção e proíbe a troca de equipamentos durante o período das aulas. As escolas deverão receber processos de higienização nos ambientes. O uso de frasco individual de álcool em gel, protetor facial, avental, touca e luvas também fazem parte das medidas que serão adotadas por funcionários.
 

 
Notícias Relacionadas »