18/03/2021 às 10h34min - Atualizada em 18/03/2021 às 10h34min

Atendimentos eletivos são suspensos no CimSaúde em Ponta Grossa

"Estamos fazendo a nossa parte para evitar o aumento desenfreado de infecções por conta do Coronavírus", afirma a direção

Da redação
Foto: Divulgação
Considerando o decreto municipal 18.765/21, publicado no último dia 16, o Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (CimSaúde) paralisa os atendimentos ambulatoriais no município de Ponta Grossa entre os dias 18 e 28 de março. "Por motivo de força maior, suspendemos as agendas de exames e consultas ambulatoriais especializadas eletivas e já estamos realizando o reagendamento dos atendimentos", explica a diretora Pâmella Costa, contando que os serviços administrativos seguem com escalonamento de equipe. Os reagendamentos devem ocorrer a partir do próximo dia 29.

"Estamos fazendo a nossa parte para evitar o aumento desenfreado de infecções por conta do Coronavírus", esclarece a diretora, lembrando que o ambulatório de Ponta Grossa do Consórcio recebe pacientes de 18 municípios via transporte sanitário. "Consideramos a necessidade da atuação conjunta de toda sociedade para o enfrentamento da pandemia da COVID-19", aponta o decreto 05/21 do Consórcio assinado pelo seu presidente e prefeito de Telêmaco Borba, Marcio de Matos.

Neste momento apenas o ambulatório de Ponta Grossa, que atende municípios das 3ª e 21ª Regionais de Saúde, segue com atividades suspensas. O ambulatório de Telêmaco Borba, que abrange a 21ª Regional, permanece suas consultas e exames junto às gestantes de médio e alto risco. 

Apesar do ambulatório de Ponta Grossa contar com restrições, alguns prestadores de serviços externos do CimSaúde permanecem com atendimentos. "Estamos analisando caso a caso, já que alguns serviços são considerados de urgência", esclarece Pâmella. "Muitas vezes as gestantes necessitam de exames que não podem ser adiados. E ainda há pacientes suspeitos de covid-19 que, por vezes, precisam de exames como a tomografia de tórax", completa a diretora.

Notícias Relacionadas »