04/03/2022 às 09h06min - Atualizada em 04/03/2022 às 09h06min

Aliel pede urgência na retirada de cidadãos brasileiros da Ucrânia

Parlamentar destaca os efeitos malignos da guerra e se solidariza com a colônia ucraniana em Prudentópolis

Da assessoria
O deputado federal Aliel Machado (PSB), em conjunto com outros parlamentares do partido, encaminharam esta semana um documento ao ministro das Relações Exteriores, Carlos França, com indicação de medidas urgentes para a retirada de cerca de 500 brasileiros da Ucrânia. Eles tem recebido relatos de familiares de cidadãos que não estão conseguindo sair da Ucrânia em meio aos bombardeios Russos.

"Cobramos um plano emergencial para a retirada de cidadãos brasileiros e suas famílias da Ucrânia. Até o momento, o Itamaraty age de maneira lenta para ajudar nossos cidadãos que estão expostos aos perigos de uma guerra. Nos Campos Gerais, temos uma colônia ucraniana centenária em Prudentópolis, além de outros municípios como Ivaí. Vários moradores desta cidade têm familiares que ainda buscam escapar da guerra e dos seus efeitos malignos", disse Aliel.

De acordo com os parlamentares, a maioria dos brasileiros se encontra na capital da Ucrânia, Kiev. Os grupos dizem que não estão conseguindo entrar em contato com a Embaixada do Brasil, que divulgou nota recomendando que eles se desloquem por conta própria para outros países. Há denúncias de que alguns brasileiros estão conseguindo sair com ajuda de estrangeiros, mas chegam em outros países sem nenhuma segurança diplomática e sem a ajuda das representações brasileiras.

"Salientamos a urgência da medida, já que os relatos dos grupos são de total ausência de apoio por parte do Ministério das Relações Exteriores, com informações incompletas, equivocadas e desencontradas. Eles estão em situação de grave risco pessoal e sofrem com a inércia e irresponsabilidade do Governo", afirmam eles.

No pedido de indicação, os deputados sugerem que o Brasil busque cooperação com Estados europeus para que brasileiros sejam incluídos em operações europeias de resgate e evacuação via terrestre para assegurar a esses cidadãos o retorno imediato ou alocação temporária em condições dignas.

Além disso, diante do cenário caótico, a bancada sugere que o Ministério das Relações Exteriores busque ativamente contato com todos os brasileiros em território ucraniano para viabilizar a proteção e o retorno ao Brasil; que haja esforços diplomáticos para que seja alcançado um cessar-fogo que assegure a completa evacuação de civis; que todas as ações de proteção e retorno dos brasileiros seja conduzida com transparência; e que as futuras manifestações e ações do Ministério, no tocante à crise da Ucrânia, sejam guiadas pelos princípios da prevalência dos direitos humanos, da defesa da paz e da solução pacífica de conflitos, previstos na Constituição.

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!