08/03/2022 às 14h00min - Atualizada em 08/03/2022 às 14h00min

Super Mulheres: Juliana Auer, entre as batalhas do empreendedorismo e da maternidade

Empresária e sócia dos restaurantes Du Sul Grill e Churrascaria Du Sul, além do Café Du Sul, conta como se divide entre o mundo dos negócios e da maternidade

Por Daniely Neiverth
Foto: Andri Cordeiro
No Mês da Mulher, preparamos uma série de entrevistas com mulheres que atuam em Ponta Grossa e região, e que são professoras, empresárias, políticas, mães, avós e tudo o que elas quiserem ser. 

Juliana Auer Eusébio tem 34 anos. É empresária no ramo de restaurantes, atuando nesta área desde 2014. É sócia com a sua irmã, Vanessa Auer, no Du Sul Grill, Café Du Sul 
e Churrascaria Du Sul, em Ponta Grossa.

A empresária é natural de Palmeira (PR), e é casada. Mãe de gêmeos, um de seus filhos acabou não resistindo, ainda no parto. Arthur sobreviveu e ficou quatro meses internado com várias complicações devido à prematuridade. Já foram 10 cirurgias de crânio e o pequeno tem paralisia cerebral. Juliana e o filho têm lutas diárias com terapia, escola, inclusão, aceitação e, também, na parte de saúde. Seu marido, e pai de seu filho, está sempre presente e a ajuda em todos momentos. 

Em seu dia a dia, se divide entre ser mãe e empresária. De manhã, leva o filho para a terapia e a escola. Depois, “liga a chave do modo empresarial” e trabalha nos restaurantes. Durante a noite, fica em casa com seu marido e aproveita para descansar com a família.

Quais são as suas realizações pessoais e/ou profissionais que a deixam mais orgulhosa?

A parceria com minha irmã e de tudo o que construímos, pois não é fácil ser empresária e ser mulher, me deixa muito orgulhosa. São duas mulheres que estão à frente dos restaurantes, enfrentando tudo e se fazendo respeitar a todo o momento. Sem dúvida, é uma das minhas maiores conquistas profissionais. E das realizações pessoais, a que eu mais me orgulho está relacionada à minha maternidade, que foi amamentar meu filho até os dois anos. Para mim, foi uma conquista imensa, pois tinha apenas 20% de chance de amamentar o Arthur, e eu consegui essa vitória.

Quais são as mulheres que te inspiram?


Todas as mulheres que passaram pela minha vida me inspiraram. Tenho 34 anos, então, tenho uma bagagem cheia de histórias. Foram tantas pessoas que eu encontrei neste meu caminho, e estas mulheres, todas elas me inspiram. Desde a mulher que acordava cedo para ordenhar a vaca, que ficava cuidando de sua família e lutando para dar o sustento aos filhos, como as mães atípicas e as mulheres de fé que perderam seus filhos e continuaram sorrindo, seguindo a vida. Também a minha própria mãe e minha irmã. Todas as mulheres que passaram pela minha vida deixaram um pouquinho delas comigo. 

O que te motiva a superar desafios?


Hoje em dia o que mais me inspira a superar os desafios é a minha família. Mas eu sempre fui uma mulher que encarou de frente os desafios da vida, lutando todos os dias, para me tornar uma pessoa melhor.

Para você, o que é ser mulher?


Esta pergunta é complexa. Deus deu um poder imenso para nós mulheres. Não só na questão de gerar uma vida, mas da força. A mulher pode tudo o que ela quiser, com a sua resiliência, o seu amor, a sua batalha e a sua garra. Ser mulher é isso, é deixar no mundo essa demonstração de garra e força e, principalmente, de superação. 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com NCG News!